Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)


Terça-feira, 07.03.17

Macarrão com atum, delícias do mar e bróculos

IMG_7921.JPG

Esta massa surgiu assim espontaneamente, num dia daqueles em que não sabia bem o que fazer para o jantar mas não me apetecia nada que desse muito trabalho. Fui juntando ingrediente aqui, ingrediente acolá... e surgiu esta massa que todos gostaram muito. Mais um prato rápido, fácil e saboroso que vamos repetindo...

IMG_7923.JPG

 INGREDIENTES

500 gr de macarrão (= 1 pacote)

1 lata grande de atum

250 gr de lombinhos do mar (= delícias do mar que já vêm desfiadas)

500 ml de béchamel 

200 ml de polpa de tomate

3 dentes de alho

2 alhos franceses

800 gr de bróculos

1 colher de chá de mostarda

vinho branco q.b.

fio de azeite

sal e pimenta q.b.

manjericão e coentros q.b.

* uma mão de queijo ralado (usei mozzarella)

IMG_7922.JPG

 PREPARAÇÃO

Coza os bróculos, escorra e reserve.

Leve ao lume, numa frigideira com um fio de azeite, os alhos picados e os alhos franceses partidos em finas rodelas. Deixe alourar. Tempere com sal e pimenta. Acrescente vinho branco e deixe evaporar a maior parte. Junte a mostarda, mexa bem. Depois, adicione o béchamel e a polpa de tomate e incorpore tudo muito bem. 

Entretanto, coza a massa al dente. Escorra e acrescente a massa à frigideira do molho. Misture tudo muito bem. Ligue o lume por mais 1 ou 2 minutos. Junte o atum desfiado, os lombinhos do mar e polvilhe com as ervas. Por último, adicione os bróculos... Salpique com o queijo. E já está!

IMG_7924.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Bom Garfo

Quinta-feira, 12.02.15

Pesto de manjericão

IMG_4539.JPG

Pesto é um dos molhos italianos mais conhecidos. Os italianos aplicam este molho super verde em diferentes tipos de massa, em bruschettas e onde mais se lembram. Existem diversos tipos de Pesto mas o de manjericão é, sem dúvida, o mais tradicional. E até o de manjericão pode ser confecionado com pinhões, amêndoas ou nozes. Todavia, o Pesto de manjericão e pinhões é o mais usual.Ora, andava decidida a experimentar fazer o tal do "Pesto" e fiz! Com amêndoas porque os pinhões estão ao preço do ouro. O que achei? Bem, acho que fiz o Pesto direitinho e ficou saboroso. O marido gostou mas as crianças nem por isso... Enfim, não o irei repetir muitas mais vezes. Terei que esperar  que cresçam mais um pouco e apurem os paladares, hehe!

IMG_4542.JPG

INGREDIENTES

2 chávenas de manjericão  fresco

1 pitada de sal: 1 pitada de pimenta

azeite q.b.

2 dentes de alho pequenos ou 1 grande

3/4 de chávena de amêndoas torradas

perto de 1 chávena de parmesão fresco ralado

perto de 1 chávena de azeite

IMG_4540.JPG

PREPARAÇÃO

Comece por lavar o manjericão e seque-o. Reserve. Leve as amêndoas numa frigideira ao lume só para aquecerem. Reserve. Rale o quueijo e reserve. Pique o alho.

Depois, coloque as amêndoas no liquidificador e triture. Junte o alho e o manjericão. Enquanto clica no botão, vá deitando o azeite em fio. Tempere de sal e pimenta. Mais para o final, adicione o queijo e "bata" mais um pouco. Verifique o tempero e já está. Verta para um frasco oui caixa (porque pode usar mais do que uma vez, noutro dia). Deixe repousar um pouco. Certifique-se de que o Pesto está grossinho e que fica um pouco de azeite por cima, quando o guardar.

Está pronto a usar!

Entretanto, cozi esparguete "al dente" e escorri a maior parte da água. Reservei. Leve uma frigideira com um fio de azeite ao lume e adicionei-lhe o esparguete, ao qual juntei umas colheres de Pesto (a quantidade é a gosto). E envolvi bem a massa no molho. Raspei mais um pouco de parmesão, voltei a misturar e polvilhei com manjericão fresco picado e servi...

IMG_4537.JPG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Bom Garfo

Quarta-feira, 12.03.14

Canelones de salmão e espinafres

Ok, depois de ser a "rapariga da pescada" também sou a "rapariga do salmão". Confesso! E porquê? Sei lá, porque gosto, porque dizem que salmão tem omega 3 e faz bem ao coração, porque devemos comer peixe...  Mas se há coisas que nos sabem bem sempre da mesma forma, coisas que nos trazem saudades e até conforto, outras há que também se devem variar. Mais experiência é sempre bom e se as experiências até são agradáveis também as vamos repetindo... e o nosso universo (seja ele gastronómico ou não) vai enriquecendo... Aqui fica uma experiência mais recente que fiz com o salmão e que não tarda passará a pertencer às coisas de conforto, às repetições para sempre... Este é uma prato muito saboroso, não é tão demorado como possa parecer, tem um aspecto bonito e até serve para algum jantar com convidados...

 

INGREDIENTES para 6 a 7 PESSOAS

6 filetes de salmão frescos (já sem pele e espinhas)

1 saco de espinafres em folha congelados (usei do Pingo Doce)

6 dentes de alho

1 cebola não muito grande

1 embalagem de 200 gr de queijo creme (usei Plhiladelfia)

500 ml de bechamel

200 gr de queijo mozarella ralado

massa de canelones q.b (precisará de cerca de 24 canelones)

1 limão

azeite q.b.

Sal, pimenta, aneto e cebolinho q.b

PREPARAÇÃO

Leve uma frigideira ao lume com os alhos e a cebola picados bem fininhos e um pouco de azeite. Junte uma pitada de sal e deixe alourar um pouco. Adicione o salmão e vá-o salteando e, ao mesmo tempo, esmigalhando com uma espátula de madeira. Envolva tudo muito bem. Acrescente umas gotinhas de sumo de limão e mexa. Junte os espinafres congelados. Deixe cozinhar uns minutos, mexendo sempre e ajudando a desfazer os espinafres, igualmente com a espátula. Depois de todos os ingrdientes se apresentarem cozinhados, acrescente o queijo creme. Deixe-o dissolver-se e misture muito bem. Polvilhe com 1/3 do queijo ralado e volte a mexer até este parecer elástico. Apague o lume e reserve. Entretanto, enquanro ia faxzendo este preparado, poderia ir cozendo os canelones (massa) em água a ferver com sal, retirando-os para um prato, assim que prontos e escorridos. Reserve-os. E continue o processo de ir cozendo canelones...

Num pirex grande de ir ao forno, disponha uma boa camada de bechamel (metade). E polvilhe com um pouco de aneto.

Agora, que já tem o preparado de salmão e espinafres feito e os canelones cozidos segue-se a tarefa de os rechear e isso é bastante simples, faça-o com a ajuda de uma colher. Atenção: às vezes, alguns canelones rompem-se ou a massa já estava semi partida/estalada quando foi a cozer. Não os deite fora, abra a ocanelone como se fosse uma folha, recheie, enrole e acrescente outra folha também partida, por forma a que o rolinho (canelone) sen mantenha... e assim, aproveita-os...

À medida que os vai recheando, coloque-os no pirex, por cima do bechamel, bem juntinhos e organizadinhos (para que caibam todos). No fim, verta o resto do bechamel por cima deles, volte a polvilhar com aneto. Polvilhe, depois, com o queijo ralado e leve ao forno a gratinar. Assim que lhe parecerem gratinados (o queijo completamente derretido), retire. Contudo, pode gostar deles um pouco mais estaladiços e dourados, para tal basta que os deixe a gratinar um pouco mais no forno. Finalmente, retire do forno, polvilhe com cebolinho fresco picado e sirva com uma salada verde, tomates cereja (ou tomates bebés como lhes chamam os meus filhos) e rodelas de rabanete...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Bom Garfo

Terça-feira, 04.03.14

Tagliatelle a la Carbonara

 

Este prato é um clássico das massas italianas. E massas são do agrado de quase todos! Esta é saborosa, rápida e pode dizer-se que económica.

Às vezes, quando não se sabe o que fazer para o jantar, lá vai o Tagliatelle a la Cabornara.

E eu faço assim...

 

INGREDIENTES para 5 a 6 PESSOAS

1 pacote de 500gr de tagliatelle com ovo

150 gr de bacon às tirinhas

2 latas de cogumelos laminados

2 pacotes de natas

1 cebola picada fininha

2 ou 3 dentinhos de alhos

tempero a gosto (orégãos, noz moscada, pimenta, sal ou caldo knorr de galinha)

azeite q.b

 

PREPARAÇÃO

Cozer o tagliatelle em abundante água com sal. Deixe-o al dente. Reserve.

Numa caçarola ou frigideira levar ao lume o fio de azeite com os alhos e as cebolas picadas. Depois de alourados, juntar o bacon e os cogumelos. Envolver bem e deixar cozinhar alguns 2 ou 3 minutos. Adicionar as natas, mexer muito bem. Temperar a gosto.

Retirar do lume e verter sobre o tagliatelle já escorrido (da água). Misturar bem. Já está! 

Como gosto de ter sempre algum legume no prato, servi acompanhado de bróculos. Os bróculos são dos legumes favoritos dos filhos, os maiores apreciadores deste prato:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Bom Garfo

Bons Garfos que me visitaram

Hit Counters
HTML Hit Counter


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Top blogs de receitas


Bons Garfos que fiz

  •  
  • APRESENTAÇÃO DA MINHA COZINHA...

  •  
  • Bolos

  •  
  • Bolos de tabuleiro

  •  
  • Doces de colher

  •  
  • Outros Doces

  •  
  • Quiches & Similares

  •  
  • Saladas

  •  
  • Entradas & Petiscos

  •  
  • Sopas

  •  
  • Carnes

  •  
  • Peixes

  •  
  • Mariscos

  •  
  • Moluscos

  •  
  • Outros pratos

  •  
  •  
  • Acompanhamentos

  •  
  • Receitas + saudáveis (menos calóricas)

  •  
  • Idéias Rápidas

  •  
  • Sugestões de decoração

  •  
  • Curiosidades sobre...

  •  
  • Para meter o garfo e a colher...

  •  
  •  
  •  
  •  
  • OUTRAS COZINHAS QUE VISITO

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • MAIS SOBRE MIM (PINTURA)



    Bons garfos cá por casa


    My Stick Family from WiddlyTinks.com