Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

31
Jan14

Arroz de polvo malandrinho

Bom Garfo

 

IMG_4575.JPG

Adoro polvo de todas as maneiras e feitios mas, especialmente, arroz de polvo, polvo à lagareiro, polvo frito e saladinha de polvo.

Desta vez, fiz arroz de polvo malandrinho. Mesmo molhadinho e apetitoso!

Cá em casa todos se regalaram, comeram e repetiram!

Eu faço assim...

 

IMG_4572.JPG

INGREDIENTES (para 6 pessoas à vontade)

1 polvo com cerca de 2,800 ou 3 kg

3 chávenas de chá de arroz (uso sempre o agulha da Cigala, é o meu preferido)

cerca de 9 chávenas de chá de água do polvo

2 chávenas de chá de água

2 bons dentes de alho

2 cebolas (1 média para cozer com o polvo e outra maiorzinha para o arroz)

1/3 de pimento vermelho

1 pacote de polpa de tomate

1 clado knorr de galinha

1 colher de sopa de ketchup

sal, manjericão em folha (de especiaria), orégãos em folha (de especiaria), pimenta branca, azeite e coentros frescos q.b

 

IMG_4571.JPG

PREPARAÇÃO

Cozer o polvo junto com uma cebola. Assim, fica mais vermelhinho e macio. Depois, eliminar a cebola. Partir o polvo aos bocados e reservar.

À parte, fazer um refogado com azeite, alho, cebola, pimento e o caldo knorr. Quando estiver alourado, acrescentar o arroz, mexer. Adicionar a água do polvo e a água natural. Envolver bem. Juntar a polpa de tomate e o ketchup, voltar a mexer. Tapar a panela. Quando reparar que o arroz está cozido, coloque os temperos e prove. Adicionar o polvo partido e polvilhar com muitos coentros. Mexer. O correcto é que o arroz esteja cozido, com os grãos bem soltinhos e bem molhadinho. Está pronto a servir!

SDC12615

 

30
Jan14

Saladinha de polvo

Bom Garfo

 

 

Quem resiste a uma saladinha de polvo?! Um petisco tão português!!! Eu não! No outro dia fiz arroz de polvo e como o polvo era mesmo grande decidi reservar 2 tentáculos para fazer uma saladinha de polvo.

É super simples (especialmente se já tiver o polvo cozido) e rápido. Dá uma óptima entrada e/ou um petisco de meio de tarde muito agradável.

Não se esqueça de uns pãezinhos quentinhos para molhar no molho:)

Eu fiz a pensar que as crianças não iam querer mas quiseram... portanto, provaram 5... Mas, na realidade, esta quantidade não dá para mais que 3 pessoas. Portanto, tenha isso em atenção.

 

INGREDIENTES

2 tentáculos (de um polvo de cerca de 3,250 kg)

1/2 cebola grande

1/4 de pimento encarnado jeitoso

raminho de coentros

manjericão em folha (daqueles pacotes ou frascos de especiarias), pimenta, azeite virgem extra e vinagre de vinho branco q.b

 

PREPARAÇÃO

Corte o polvo previamente cozido aos bocados. Pique a cebola e o pimento encarnado. Misture. Tempere com azeite, vinagre, manjericão e pimenta a gosto (eu não vi necessidade de usar sal) e volte a envolver tudo. Por fim, polvilhe generosamente com coentros frescos picados.

Leve ao frigorífico. É melhor fresquinha e ganha uma consistência mais rijinha.

Prontinho!

30
Jan14

Leite Creme (à minha moda)

Bom Garfo

  

Especialmente aos fins de semana ou quando convidamos amigos para jantar... ou até mesmo quando vamos a casa de alguém, gosto de fazer uma sobremesa. E às vezes há refeições mais pesadas que pedem uma sobremesa mais leve. Um leite creme é sempre uma boa opção. E agrada a quase todos. Inicialmente, há vários anos, comecei por fazer de pacote mas o que queria mesmo era fazer um caseiro. Assim, pesquisei e encontrei várias receitas. Obviamente parecidas mas que faziam diferença no número de ovos e na espécie de farinha. Fiz várias. E acabei por "criar" esta que aqui vos deixo hoje, que surgiu da combinação de várias.

Cá em casa, os filhotes apelidaram este leite creme de "Leite Creme Miau Miau Mamã", por gostarem muito :)

Espero que gostem!

 

INGREDIENTES

1 l de leite 

2 paus de canela

2 tiras grandes de casca de limão

10 colheres de sopa de açúcar

3 colheres de sopa de farinha maisena

1 colher de sopa de farinha com fermento (uso da Branca de Neve)

1/3 de vagem de baunilha (se não tiverem podem usar também uma colher de chá de aroma de baunilha liquido)

8 gemas

1 pacote de natas (tipo da Mimosa)

canela em pó a gosto

 

PREPARAÇÃO

Leve o leite ao lume com os paus de canela, a vagem de baunilha e as cascas de limão (eu até costumo acrescentar ainda uma pitada de canela em pó) até ferver. 

À parte, misture o açúcar com as farinhas e as gemas. Verta sobre este preparado as natas. Mexa o melhor possível e misture com o leite quente. Leve tudo ao lume até engrossar.  Retire do fogo e elimine os paus de canela, a vagem de baunilha e as cascas de limão. Transfira para o recipiente onde vai servir ou para tacinhas e deixe arrefecer.

Por fim, decore a gosto com canela em pó ou então polvilhe bem com açúcar e queime com um ferro próprio (se optar pela última ideia irá obter uma casca fina caramelizada por cima e convém fazê-lo apenas perto da hora de servir).

Desta vez, decidi-me pela simples canela (o que está na foto).

Espero que gostem!

 

DICA

A consistência varia consoante a altura que o tirarem do lume. No entanto, saibam que depois de arrefecer engrossa sempre mais um pouco. Assim, não aconselho a tirarem muito cedo, quando ainda está líquido, mas também a não deixarem que engrosse demasiado...

29
Jan14

Quadradinhos de cenoura e laranja

Bom Garfo

  

 

Já tenho esta receita há anos mas só há dias decidi fazê-la. Apeteciam-me bolinhos de tabuleiro, pequeninos, que rendessem, para acompanhar o café depois da refeição. Mas apetecia-me algo novo... Então, descobri estes! Deliciosos, super leves e fofos, com textura quase de pudim. O marido adorou e os miúdos também.

São óptimos para fazer para uma festa. Se for para esse efeito aconselho a colocar em caixinhas de papel...

 

INGREDIENTES

2 laranjas (sumo das 2 e raspa de 1)

3 cenouras (a receita original dizia 2 mas achei pouco)

400 g de açúcar

1 colher de sopa de farinha maisena

1/2 colher de sopa de fermento

150 g de manteiga (usei a do dia a dia, Matinal magra)

15 ovos

açúcar em pó q.b

 

PREPARAÇÃO

Ligue o forno a 200º C. Unte um tabuleiro com manteiga e forre-o com papel vegetal também untado.

Coza as cenouras. Escorra-as e reduza-as a puré (até o fiz apenas com um garfo). Reserve.

Misture o açúcar com a maisena e o fermento. Junte a manteiga amolecida e depois os ovos, o sumo e a raspa das laranjas e o puré da cenoura. Não se preocupe se parecer demasiado líquido, é mesmo assim. Apenas misture bem e de seguida verta o preparado no tabuleiro. Leve ao forno (a receita original dizia em banho maria mas penso não haver necessidade disso, apenas coloquei o tabuleiro a meio). Levou-me cerca de 40/45 minutos, mas depende muito do vosso forno. Já percebi que o meu é lento. Retire do calor. Deixe arrefecer e desenforme.

Polvilhe com açúcar em pó e parta aos quadradinhos.

Sirva em caixinhas de papel.

Delicie-se:)

28
Jan14

Brigadeiros de Chocolate

Bom Garfo

 

Os brigadeiros de chocolate são dos docinhos mais apreciados pelas crianças e pelos amantes de chocolate. Podem ser feitos de várias maneiras. Pessoalmente, há uns anos descobri esta receita e adoptei-a para sempre. Porque os brigadeiros saem com uma textura que se derrete na boca e não se tornam enjoativos por saberem demasiado a chocolate. Cá em casa, por exemplo, nunca faltam nas mesas de festa e às vezes até são feitos a pedido de amigos gulosos:)

 

INGREDIENTES 

(dobrei a receita, assim dá para cerca de 22)

 

2 latas de leite condensado;

1 colher de chá de manteiga;

3 colheres de sopa de chocolate em pó não muito cheias;

3 colheres de sopa de cacau em pó não muito cheias;

granulado de chocolate q.b.

 

PREPARAÇÃO

Numa caçarola ou tachinho, levar ao lume o leite condensado, a manteiga,  e o chocolate e o cacau em pó previamente misturados. Deixar em lume brando, ir mexendo sempre até fazer ponto de estrada (que é quando passa com a colher de pau pelo meio da massa e parece que traça uma estrada). Depois, retirar e verter a massa para um prato até arrefecer.

Deitar o granulado de chocolate numa tigela.

Com a ajuda de duas colheres (uso colheres de sobremesa, maiores que as de chá e mais pequenas que as de sopa), moldar bolinhas com a massa de chocolate e de seguida passá-las pelo granulado da tigela. Pode até fazê-las saltitar um pouco para que se vão cobrindo com o tal granulado e no fim molde melhor as bolinhas com as suas mãos.  Têm que ficar bem cobertinhos com o granulado.

Colocar cada brigadeiro numa caixinha de papel.

Espero que gostem!

28
Jan14

Bolo Inglês

Bom Garfo

Esta é uma receita que se faz há muitas décadas na minha família. Quem a começou a fazer foi a minha madrinha, pela altura do Natal. 

Como a madrinha agora está com quase 93 anos sou eu que faço o bolo. Nunca falha na nossa mesa natalícia nem na do fim de ano. Pessoalmente, acho que é o bolo inglês com a massa mais saborosa que comi. Quando era criança não gostava por causa das frutas cristalizadas e julgo que a maioria das crianças não o aprecia muito por causa disso mesmo. Portanto, também já o fiz uma ou outra vez sem as frutas e só com os frutos secos e os filhotes aprovaram. Mas igualzinho ao que aqui está (receita completa) costuma fazer as delícias dos mais graúdos:)

 

INGREDIENTES

350 g de farinha

350 g de açúcar

5 ovos

1 colher de chá de fermento

1 cálice e meio de vinho do Porto

125 g de manteiga (qualquer serve, desde a Vaqueiro à Matinal magra)

350 g de frutas cristalizadas + nozes + amêndoas torradas + pinhões (facultativo) * Uso frutas cristalizadas já aos quadradinhos Pingo Doce e depois aquelas maiores para a decoração.

 

 

PREPARAÇÃO

Bater o açúcar com a manteiga previamente derretida. Ir juntando alternadamente os ovos e a farinha (com o fermento adicionado). Depois, acrescentar o vinho do Porto. Por último, adicionar as frutas (reservando algumas para a decoração do bolo) e envolver tudo muito bem.

Convém ter o forno aquecido e uma forma rectangular previamente untada com manteiga e forrada com papel vegetal (igualmente untado com manteiga).

De seguida, verter na forma e levar ao forno.

Para decorar o bolo sem que as frutas se afundem terão que o fazer mais ou menos a meio da cozedura. Mas atenção, porque se deixarem passar muito tempo, o bolo ficará cozido e a decoração apenas será assente mas sem ficar presa... É uma questão de sensibilidade:)

O tempo de cozedura irá depender do forno de cada um... Mas é fazer o teste do palito. 

 

DICA

Para que as frutas (as cristalizadas e as secas) que se vão juntar à massa do bolo não fiquem todas em baixo e sim distribuídas harmoniosamente por todo o bolo (desde a base até ao topo) passem-nas por água morna (assim sai o excesso de açúcar), enxuguem num pano, deitem num prato e polvilhem com um pouco de farinha. Não exagerar na farinha para que isso não faça o bolo pesado. Este bolo bem feito é muito fofo.

 

 

 

 

28
Jan14

Na minha cozinha...

Bom Garfo

  

 

Olá!

Na minha simples mas super colorida cozinha - sim, que reciclei todos os móveis - dou largas à imaginação e a uma paixão que tenho. Adoro cozinhar. Especialmente, por prazer. Sou um bom garfo (tanto aprecio salgados como doces) e tenho uma família que também adora comer! Ainda por cima, só cá em casa somos logo 5. Eu, o marido e 3 filhotes. Portanto, há mesmo que cozinhar e no meu caso sempre em doses razoáveis.

As receitas que aqui irei colocar são maioritariamente receitas que cozinho com frequência. Algumas na família há gerações (as da minha avó, da minha madrinha, etc.) e outras mais recentes, as minhas. Sendo que das minhas algumas tiveram origem provavelmente nas diversas revistas de culinária que por aí existem ou até na net e outras inventei... Sou daquelas pessoas com dificuldade em seguir receitas ao milímetro, tenho sempre que adicionar ou retirar algo. Cozinho muito a olho e paladar... Por exemplo, se como algo que gosto bastante num restaurante, passado algum tempo sou capaz de tentar fazê-lo mas como não sei a receita recorro à memória visual, onde gravei as cores dos alimentos, e ao sabor... e tento lá chegar. Uma espécie de músico que toca por ouvido sem nunca antes ter visto a pauta.

Não cozinho profissionalmente. Cozinho com amor e com gosto para a família e para os amigos.

E a ideia de criar este blog é registar com receitas e imagens as memórias dos paladares cá de casa para os filhotes (porque cada casa tem os seus sabores) e partilhar, também, esse meu lado de Bom Garfo convosco. Afinal, é agradável quando nos lembramos de ir à net à procura de uma receita sobre algo e a encontramos...

Assim, espero que gostem:)

Bons Garfos que me visitaram

Hit Counters
HTML Hit Counter

Mais sobre mim

foto do autor

Top blogs de receitas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • APRESENTAÇÃO DA MINHA COZINHA...

  •  
  • Bolos

  •  
  • Bolos de tabuleiro

  •  
  • Doces de colher

  •  
  • Outros Doces

  •  
  • Quiches & Similares

  •  
  • Saladas

  •  
  • Entradas & Petiscos

  •  
  • Sopas

  •  
  • Carnes

  •  
  • Peixes

  •  
  • Mariscos

  •  
  • Moluscos

  •  
  • Outros pratos

  •  
  •  
  • Acompanhamentos

  •  
  • Receitas + saudáveis (menos calóricas)

  •  
  • Idéias Rápidas

  •  
  • Sugestões de decoração

  •  
  •  
  • Curiosidades sobre...

  •  
  •  
  • Para meter o garfo e a colher...

  •  
  •  
  • Utensílios de Cozinha & Mesa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • OUTRAS COZINHAS QUE VISITO

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • MAIS SOBRE MIM (PINTURA)

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Bons garfos cá por casa


    My Stick Family from WiddlyTinks.com