Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

28
Fev15

Outro Bolo de milho e laranja

Bom Garfo

IMG_4526.JPG

 Adoro bolo de milho, mais ainda que o de fubá (farinha de milho). Portanto, aqui vai mais uma receita diferente. Este também leva laranja mas não leva nem côco nem leite condensado... leva manteiga. A textura é óptima, mais apudinzada do que o anterior. Embora, o bolo de milho anterior fosse mais levezinho...

Na verdade, os bolos de milho têm um sabor muito peculiar apesar de suaves. Há quem possa estranhar ao início mas depois... hummmmm.... fica-se viciado! E a laranja? Vai tão bem com o milho! Estou rendida ao milho, sem dúvida!

Este também é um bolito pequeno e o meu não ficou muito alto porque a minha forma é demasiado grande. O sabor está lá, só se perde pela fatia sair mais pequenita, hehe!

Mais um pormenor, a receita original deste bolito contemplava uma chávena de arandos secos que não usei por saber que as crianças não iam apreciar. Mas, estejam à vontade para o fazerem, se gostarem...                           IMG_4530.JPG

INGREDIENTES

80 gr de milho doce de lata (tipo Bonduelle)

120 gr de farinha

220 gr de manteiga sem sal

250 gr de açúcar

2 ovos inteiros + 4 gemas

2 laranjas raspa e sumo (pus apenas 1 grande)

1 colher de chá de extracto de baunilha

1 colher de chá de fermento em pó

1 chávena de arandos secos (opcional, não usei)

IMG_4529.JPG

PREPARAÇÃO

Bata a manteiga à temperatura ambiente com o açúcar, no liquificador. Numa tigela à parte, junte a farinha, o fermento, o milho (escorrido) e a raspa da laranja. Reserve. Volte à taça da manteiga e junte o extracto de baunilha. Mexa. Adicione os ovos e as gemas à vez. De seguida, o sumo de laranja. Mexa. Por fim, acrescente os secos em 2 adições. Mexa. Para mim, ficou pronto. No entanto, se quiser adicionar os arandos secos, chegou a hora. Mas não se esqueça de os enfarinhar e sacudir do excesso de farinha (com a ajuda de uma peneira, por exemplo), para que fiquem bem dispersos por todo o bolo e não se depositem no fundo. E, claro, que ao juntar os arandos o deve fazer com uma colher de pau. O liquificador já fez o trabalho todo:)

Leve ao forno, numa forma untada e polvilhada com farinha (ou use papel vegetal, eu prefiro o papel vegetal, acho que confere uma macieza maior aos bolos), a 180cº, já previamente aquecido. Em princípio deve lá ficar por volta de 40 ou 45 minutos. Bem, fica até ficar douradinho e fofo e o palito sair limpo!

IMG_4527.JPG

 

27
Fev15

Bifes de espadarte rápidos e saborosos

Bom Garfo

IMG_4651.JPG

IMG_4649.JPG

 

No outro dia encontrei um lombo de espadarte com um óptimo aspecto e decidi trazê-lo partido em bifinhos. O espadarte é um peixe saboroso e sem espinhas (como o atum mas mais suave). Decidi fazê-lo de forma bem simples: na frigideira com molho de manteiga e limão. Para o acompanhar escolhi espargos verdes frescos salteados com alho e uma salada colorida. Resultado: uma refeição leve, bonita e deliciosa.

IMG_4648.JPG

INGREDIENTES para 6 pessoas

6 bifes de espadarte

1 fio de azeite

cerca de 2 a 3 colheres de sopa de manteiga (usei Matinal magra)

1 limão

2 dentes de alho

sal e pimenta q.b.

ervas da Provença q.b.

coentros frescos picados q.b.

IMG_4645.JPG

PREPARAÇÃO

Comece por temperar cada bifinho de espadarte com sal, pimenta e sumo de meio limão. Reserve.

Leve ao lume uma frigideira com um fio de azeite e os dentes de alho descascados e esmagados (para que o azeite fique perfumado). Quando estiver bem quente, junte-lhe uma colherzinha de manteiga e coloque os bifes. Deixe-os alourar de um lado e do outro (alguns minutos de cada lado). Quando estiverem dourados retire-os para uma travessa. Salpique-os com algumas ervas da Provença. Elimine os alhos da frigideira. Acrescente manteiga e sumo da outra metade do limão e deixe que a manteiga derreta e se una ao sumo do limão (menos de um minuto). Não a deixe queimar. Verta logo sobre os bifinhos de espadarte, polvilhe com coentros frescos picados e sirva! 

Servi acompanhado de espargos verdes salteados e de salada variada (alface, milho, cenoura ralada, tomate, cebola)...

IMG_4644.JPG

IMG_4652.JPG

IMG_4650.JPG

 

26
Fev15

Bolo de mel e gengibre

Bom Garfo

IMG_4562.JPG

Amo!!!!! Um sabor tão simples, quente, aromático e no ponto certo de doçura! Um bolo para salvar um dia cinzento e chuvoso, uma tarde caseira com uma bebida aconchegante, uma noite daquelas em que parece que falta algo...  Uma fatia de prazer para a alma! Afinal, já dizia Leonardo Da Vinci que "a simplicidade é o último grau de sofisticação" :)

IMG_4565.JPG

INGREDIENTES

250 g de farinha

150 g de açúcar mascavado

4 ovos

3/4 de chávena de mel

3/4 de chávena de azeite

1 laranja (sumo e raspa)

1 colher de sopa de canela

1 colher de café de gengibre fresco ralado (se não tiver use em pó)

1 colher de café de noz moscada

1 colher de café de extrato de baunilha

1 colher de café de fermento em pó

IMG_4563.JPG

PREPARAÇÃO

Bata os ovos com o açúcar. Junte o mel, o azeite, a raspa e o sumo da laranja e bata bem. Acrescente a baunilha e bata. Adicione, por fim, a farinha, o fermento e as especiarias aos poucos e mexa.

Pré-aqueça o forno a 180cº. 

Verta a massa numa forma de buraco untada com manteiga ou spray para bolos e polvilhada com farinha. Leve ao forno a 180cº por 15 minutos e depois reduza o forno para 150 cº até ficar pronto (que é quando o palito sair seco). No meu forno foram cerca de mais 50 minutos.

Desenforme morninho.

IMG_4566.JPG

25
Fev15

Molho para carne assada

Bom Garfo

IMG_4660.JPG

Normalmente, o molho da carne assada é o mesmo do assado. Mas para variar ou para adicionar mais requinte ao assado pode-se fazer outro molho. Este que hoje aqui publico é uma maionese de caril e manjericão, mesmo deliciosa, com um sabor exótico. É muito fácil de fazer (basta ter os ingredientes à mão). Cá em casa, todos adoraram...

IMG_4665.JPG

INGREDIENTES

1 chávena de chá de maionese (usei Calvé)

2 colheres de sopa de queijo mascarpone

1 + 1/2 colher de sopa de iogurte grego natural

1 colher de sopa de caril

1 colher de sopa mal cheia de paprika

1 colher de sopa de molho inglês

1 pitada de pimenta (se quiser também pode adicionar um pouco de malaguete piri piri, se gostar de mais picante)

1 pitada de orégãos

sumo de 1/2 lima ou cerca de 1 colher de sopa mal cheia de sumo de limão

manjericão fresco picado q.b.

IMG_4666.JPG

PREPARAÇÃO

Como é um molho frio, todo o processo é muito rápido. Misture a maionese com o mascarpone e o iogurte. Mexa com um utensílio de varas até obter um creme homogéneo e liso. Adicione as especiarias aos poucos e vá mexendo, por forma a incorporá-las bem. Acrescente o sumo de lima ou limão. Depois, o molho inglês. Volte a mexer. Por fim, junte o manjericão picado e misture-o bem no molho. Decore com umas folhas inteiras de manjericão. Sirva numa taça ou molheira, à parte.

IMG_4667.JPG

24
Fev15

Bifinhos de frango com mozzarella

Bom Garfo

IMG_4628.JPG

Continuando nas carnes brancas, mais opções simples para variar. Este prato até sai muito pouco calórico, podendo considerar-se "comida saudável". É rápido, delicioso e deixa-o com a sensação de ter comido algo mais requintado do que na verdade é, além de ficar com a sensação de que não pecou!

Eu sei que o queijo não é magro mas colocado num simples bifinho de frango acompanhado apenas por salada tudo fica muito equilibrado e leve (e com mais graça!). Obviamente que pode acompanhar estes bifinhos com o que desejar... A escolha é sua:)

IMG_4626.JPG

INGREDIENTES para 5 Bifinhos

5 bifes de frango

10 fatias de queijo mozzarella

2 dentes de alho

sal, pimenta e ervas da Provença q.b.

azeite q.b.

1 lima

vinho branco (facultativo)

IMG_4627.JPG

PREPARAÇÃO

Tempere cada bifinho com sal e pimenta. Leve uma frigideira com um fio de azeite (suficiente para lhe forrar o fundo) e 2 dentes de alho descascados. Cozinhe os bifinhos de um lado e do outro por alguns minutos. Pelo meio, regue-os com um pouco de sumo de lima. Se quiser (esta parte é facultativa) também pode adicionar um pouco de vinho branco (2 colheres de sopa, mais ou menos, e deixar que ele evapore). Quando estiverem quase prontos, polvilhe cada um com ervas da Provença e coloque-lhes 2 fatias de queijo mozzarella (não sobrepostas, mas sim a ocupar todo o bifinho). Deixe que o queijo derreta e polvilhe mais um pouco com as ervas. Retire do lume. Está pronto a servir! Eu acompanhei com uma salada de alface romana, alface lisa, alface roxa, coentros, mini tomates de rama e cebola, temperada com molho vinagrete (azeite, vinagre balsâmico e manjericão).

 

22
Fev15

Cogumelos recheados com bacon, espinafres e queijos

Bom Garfo

IMG_4544.JPG

Uma perdição gastronómica só vos digo! Hum, são tão bons estes cogumelos recheados! Têm um toque italiano... Divinos! Podem servir como entrada ou como prato (sim, porquie não?! Lá calóricos são eles!). Desta vez, fiz 2 por pessoa e acompanhei com um esparguete "al Pesto"...Se não fosse o bacon, seria uma refeição "vegetariana"... Estes giraços levam um recheio de bacon, cogumelos, espinafres, 3 queijos (parmesão, mozarela e mascarpone) e ervas da Provença... Não precisam de colocar tantos queijos diferentes, apeteceu-me, já que os tinha à mão...

IMG_4543.JPG

INGREDIENTES para 10 cogumelos grandes

10 cogumelos grandes Portobello

30 gr de queijo parmesão fresco ralado (também podem usar aquele em pó)

100 gr de queijo mozarela ralado

1 colher de sopa de queijo mascarpone

75 gr de bacon fumado cortado em cubos ou meias tirinhas

75 gr de bacon fumado picado (piquei-o na picadora Moulinex, fica uma espécie de pasta)

1 mão de folhas de espinafres frescos

1 colher de sopa mal cheia de ervas da Provença

2 dentes de alho picados

1/2 cebola pequena picada

azeite q.b

vinho branco q.b.

 

IMG_4533.JPG

IMG_4534.JPG 

IMG_4536.JPG

PREPARAÇÃO

Comece por lavar os cogumelos. Retire-lhes os pés e um pouco de interior e reserve (pois, irá picar estes restos de cogumelos e mais tarde irá juntá-los ao recheio).

Numa frigideira untada com um fio de azeite e os alhos picados, leve os cogumelos a amolecer.Vire-os dos dois lados.

Entretanto, coloque um fio de azeite num pirex de levar ao forno e disponha os cogumelos. Polvilhe-os com ervas da Provença e um pouco de parmesão ralado.

Agora, faça o recheio. Junte o bacon às tirinhas e os cogumelos picados à frigideira que tinha alho, aquela onde amoleceu os cogumelos. Deixe alourar. Acrescente a cebola picada e deixe apurar mais um pouco. Junte vinho branco e espere que reduza. De seguida, acrescente a pasta de bacon e as ervas da Provença. Mexa bem. Adicione os espinafres. Quando estes começarem a murchar, junte a colher de mascarpone. Misture bem. E, depois, a maior parte do queijo mozarela (reserve apenas um pouco só para polvilhar por cima no final). Mal ele comece a ficar derretido, a fazer "ponto de pastilha elástica", apague o lume. Recheie os cogumelos com a ajuda de uma colher de sopa. Polvilhe com o resto do queijo e leve a gratinar ao forno. Ficam prontos em 5 minutos!

IMG_4547.JPG

IMG_4546.JPG

 

 

 

 

21
Fev15

Tarte de ricotta com cobertura de chocolate

Bom Garfo

IMG_4616.JPG

Ei-lo: o 2º bolinho do Dia dos Namorados. Como o prometido é devido, aqui vai a receita... Não se antes tecer algumas considerações sobre o bolo. No fundo, é uma espécie de cheescake feito no forno. Tem sabor parecido mas a consistência (apesar de mole) é outra. Ricotta é um queijo italiano com sabor parecido ao nosso requeijão mas mais cremoso. Tanto se pode utilizar ricotta em bolos como este como em pratos salgados. E, por último, escolhi fazer uma cobertura de chocolate por causa da filha mais velha, se fosse por mim optaria por uma geleia de frutos, penso que combina melhor. Obviamente que a decoração foi propositada para a data (elaborada com lápis de pasteleiro a 2 tons)... Este é um bolo rápido e não demasiado doce.

IMG_4619.JPG

INGREDIENTES

(massa): 500 g de ricotta

1 colher de sopa de farinha

1 colher de sopa de manteiga

1 lata de leite condensado

1 medida da lata de leite normal

3 gemas + 3 claras

1 colher de chá de extrato de baunilha

(cobertura): 1/2 tablete de chocolate negro (usei Nestlé)

1 colher de sopa de manteiga

1/3 de pacote de natas

IMG_4620.JPG

 

PREPARAÇÃO

Para fazer a massa é bater tudo junto no liquidificador, com excepção para as claras que devem ser previamente batidas em castelo e depois suavemente incorporadas no preparado que saiu do liquidificador.

Leve ao forno numa forma untada e forrada com papel vegetal a 180cº. Quando o palito sair seco está pronta! Deixe arrefecer e coloque no frigorífico. Faça a cobertura. Derreta o chocolate com a manteiga  e adicione as natas, mexa bem, por forma a obter um creme uniforme, liso e macio. Depois, verta o creme por cima da tarte de ricotta já bem fria e sirva logo ou volte a colocar no frigorífico alguns minutos.

 

19
Fev15

Bolo de caramelo com cobertura toffee

Bom Garfo

IMG_4598.JPG

Ora, tal como prometido, aqui está a receita do bolo de caramelo que fiz no Dia dos Namorados... Antes, deixem-me que vos diga que é realmente delicioso! Neste caso tem os coraçõezinhos a mais na decoração (tal como o desenho a branco feito com lápis de pasteleiro) porque foi feito para o S. Valentim, mas se não fosse obviamente que teria apenas a cobertura toffee. E desenganem-se se vos parece complicado: é facílimo, nem precisam de bater claras em castelo! De qualquer modo, este é um bolo que também se come muito bem simples (só a receita da massa). A mim, parece-me mais indicado para Outono e Inverno mas é tudo uma questão de gosto:)

IMG_4623.JPG

IMG_4624.JPG

INGREDIENTES

(massa): 5 ovos

3 chávenas de açúcar mal cheias

3 chávenas de farinha

1 chávena de leite

1/2 chávena de óleo

2/3 de chávena de caramelo líquido

1 colher de café de extracto de baunilha

1 colher de café de canela

1 colher de café de erva doce

(Cobertura): 1/2 lata de leite condensado

1 chávena de açúcar mascavado

1 + 1/2 colher de sopa de manteiga

1/5 de chávena de água

!/4 de chávena de natas

1 colher de café de gengibre em pó

IMG_4579.JPG

PREPARAÇÃO

No liquidificador coloque os ovos inteiros e o açúcar, bata. Junte o leite, o óleo, a baunilha e o caramelo e bata de novo. Acrescente as especiarias e a farinha em 2 ou 3 vezes e bata bem. Verta o preparado para uma forma untada com manteiga oui spray para bolos e polvilhada com farinha e leve a cozer a 180cº, cerca de 50 minutos. Atenção, a forma tem que ser grande. Apesar do bolo não levar fermento cresce muito!

Entretanto, prepare a cobertura toffee... Para isso leve numa panelinha ao lume o açúcar mascavado sozinho e aloure-o. Quando estiver douradinho junte a manteiga e mexa. Acrescente passado 1 minuto o leite condensado e vá mexendo sempre. Adicione o gengibre. Mexa até engrossar. Adicione a água e mexa. Retire do lume e junte as natas. Mexa bem, até obter um creme liso, sem grumos. Não o deixe nem demasiado líquido nem demasiado grosso.

Depois de desenformar o bolo e de o deixar arrefecer um pouco, cubra-o com o creme toffee que preparou!

IMG_4583.JPG

IMG_4587.JPG

IMG_4595.JPG

IMG_4599.JPG

IMG_4625.JPG

16
Fev15

Rolinhos de perú com alheira, espinafre e mozzarella

Bom Garfo

IMG_4613.JPG

 

IMG_4614.JPG

Há uns anos atrás, tinha a mania de fazer bifinhos de perú recheados e "ninhos de passarinho" (que são bifinhos enrolados sobre ovo cozido) mas , não sei bem porquê, deixei de fazer... É daquelas coisas: parece que alguns pratos são para a vida toda, outros para certas fases, outros para certos momentos e outros ainda para se fazerem e comerem uma só vez... Deu-me saudades e - como até estamos na época das alheiras (como sabem tenho uma costela trasmontana, da parte materna) - lembrei-me: "é boa altura, ora vamos lá fazer bifinhos de perú recheados com as belas alheiras!". Ainda por cima, as crianças gostam cada vez mais do sabor das ditas (deve ser da tal costela, apesar de ainda mais afastada para eles)... e, caso ainda não tenham reparado, ando numa "fase" de bifes de perú. Apetecem-me carnes brancas! Sabe-se lá porquê! Mas é assim... Mas há que variar: bifinho de perú simples, bifinhos de perú panados, bifinhos de perú com laranja, bifinhos de perú panados à italiana, strogonof de perú... (receitas que podem pesquisar no blog, com excepção da última que ainda não a escrevi)...  E estes bifinhos de perú pareceram-me deliciosos e charmosos o suficiente para serem acompanhados apenas por uma boa salada... já que as sobremesas que fiz neste dia eram bombas... assim, a modos para equilibrar a coisa:)

IMG_4609.JPG

 

INGREDIENTES para 6 a 7 rolinhos

6 ou 7 bifinhos de perú (os meus eram grandes mas finos)

1 + 1/2 alheiras (1 ou pouco mais do que 1 para o recheio e a restante para o molho)

folhas de espinafres frescas q.b.

2 fatias de queijo mozzarella por cada bifinho

2 dentes de alho

1 lima sumarenta (meia para sumo e meia para decorar)

azeite q.b

sal, pimenta e ervas da Provença q.b. 

palitos ou linha q.b. para selar os bifinhos

IMG_4600.JPG

IMG_4602.JPG

IMG_4607.JPG

 

PREPARAÇÃO

Primeiro passei os bifes de perú por água (acho que nunca disse isto aqui mas costumo lavar sempre a carne antes de a cozinhar). Depois, temperei cada bifinho com uma pitada de pimenta e outra de sal (não precisa de muito sal, já que a alheira é salgada). Coloquei 2 fatias de queijo por cima, cobri com folhas de espinafres (previamente lavadas) e adicionei bocadinhos de alheira. Saliente-se que a alheira está crua, despida de pele e esmigalhada grosseiramente com as mãos. De seguida, enrolei e prendi o rolinho com palitos (também se pode usar linha, até uma simples linha de costura!). Polvilhei-o com ervas da Provença e algumas gotas de sumo de lima. Repeti a operação com cada bifinho.

Por fim, levei ao lume uma frigideira com um fio de azeite (o suficiente para lhe forrar o fundo) e dois dentes de alho. Quando o azeite aqueceu, coloquei lá dentro os rolinhos. Como me sobraram migalhas de alheira, juntei-as no azeite (sempre ajudaram a dar mais sabor). E fui virando os bifinhos até que estivessem alourados de todos os lados.

Depois de prontos, decorei com umas rodelas de lima e servi com salada.

São simples de fazer e apetitosos, especialmente no Inverno...

IMG_4608.JPG

IMG_4610.JPG

15
Fev15

S. Valentim cá por casa

Bom Garfo

IMG_4622.JPG

O meu (nosso) Dia de São Valentim este ano até foi mais elaborado do que o habitual, mas 100% caseiro. Pois, normalmente, apenas trocamos uns bombons, umas rosas, algo do género. Nunca ligámos muito. Ligar "ligar", ligo aos aniversários, ao Natal e ao aniversário de casamento... Mas este ano estavamos com gripe, quando chegou a nossa "Data"... O maridinho ainda se arrastou, ao frio, para me comprar uns bombons mas eu estava mesmo cheia de febre... Portanto, este ano, além de uns presentinhos que trocámos, decidi fazer uns docinhos decorados a preceito:):):) As crianças também estavam entusiasmadas e foi divertido (simples mas divertido e amorosamente familiar). Além disso, penso que é bom sinal - depois de termos começado a namorar há quase 20 anos, de estarmos juntos há 16 anos e de termos 3 filhotes - ainda termos vontade de trocar estes miminhos...

Assim, fica aqui a ementa da nossa refeição (nada extravagante mas deliciosa, o pior foram as calorias dos docinhos) do Dia dos Namorados e as fotos! Depois, irei publicar as receitas.

Umas entradas leves... Tostas com queijo fresco e tomate cereja; paté de cogumelos e manteiga de alho.

IMG_4606.JPG

Um prato saboroso... Rolinhos de perú recheados com alheira, espinafre e mozzarella, acompanhados de salada (alface romana, alface roxa, alface frisada, coentros e mini tomates de rama).

IMG_4612.JPG

 

E de sobremesa, dois bolitos à escolha... Uma tarte de ricota com cobertura de chocolate negro e um bolo de caramelo com cobertura toffee. Uma perdição!

IMG_4618.JPG

 

 

O bolo de caramelo com cobertura toffee... (um chupa de lembrança para cada um de nós, assim as crianças também sentiram que estavam a participar!!!!)

IMG_4596.JPG

 E a tarte de ricota com cobertura de chocolate...

IMG_4616.JPG

 Tudo temperado com muito amor, como aliás se tenta fazer todos os dias do ano... 

12
Fev15

Pesto de manjericão

Bom Garfo

IMG_4539.JPG

Pesto é um dos molhos italianos mais conhecidos. Os italianos aplicam este molho super verde em diferentes tipos de massa, em bruschettas e onde mais se lembram. Existem diversos tipos de Pesto mas o de manjericão é, sem dúvida, o mais tradicional. E até o de manjericão pode ser confecionado com pinhões, amêndoas ou nozes. Todavia, o Pesto de manjericão e pinhões é o mais usual.Ora, andava decidida a experimentar fazer o tal do "Pesto" e fiz! Com amêndoas porque os pinhões estão ao preço do ouro. O que achei? Bem, acho que fiz o Pesto direitinho e ficou saboroso. O marido gostou mas as crianças nem por isso... Enfim, não o irei repetir muitas mais vezes. Terei que esperar  que cresçam mais um pouco e apurem os paladares, hehe!

IMG_4542.JPG

INGREDIENTES

2 chávenas de manjericão  fresco

1 pitada de sal: 1 pitada de pimenta

azeite q.b.

2 dentes de alho pequenos ou 1 grande

3/4 de chávena de amêndoas torradas

perto de 1 chávena de parmesão fresco ralado

perto de 1 chávena de azeite

IMG_4540.JPG

PREPARAÇÃO

Comece por lavar o manjericão e seque-o. Reserve. Leve as amêndoas numa frigideira ao lume só para aquecerem. Reserve. Rale o quueijo e reserve. Pique o alho.

Depois, coloque as amêndoas no liquidificador e triture. Junte o alho e o manjericão. Enquanto clica no botão, vá deitando o azeite em fio. Tempere de sal e pimenta. Mais para o final, adicione o queijo e "bata" mais um pouco. Verifique o tempero e já está. Verta para um frasco oui caixa (porque pode usar mais do que uma vez, noutro dia). Deixe repousar um pouco. Certifique-se de que o Pesto está grossinho e que fica um pouco de azeite por cima, quando o guardar.

Está pronto a usar!

Entretanto, cozi esparguete "al dente" e escorri a maior parte da água. Reservei. Leve uma frigideira com um fio de azeite ao lume e adicionei-lhe o esparguete, ao qual juntei umas colheres de Pesto (a quantidade é a gosto). E envolvi bem a massa no molho. Raspei mais um pouco de parmesão, voltei a misturar e polvilhei com manjericão fresco picado e servi...

IMG_4537.JPG

 

 

10
Fev15

Fondue de carne

Bom Garfo

IMG_4462.JPG

Bem, não se pode dizer que existe uma receita propriamente dita para fazermos Fondue de carne. No entanto, há dicas e truques que para quem costuma fazer esta delícia pode não ser segredo mas para quem nunca fez certamente darão jeito. Digo isto porque eu própria tive várias dúvidas da primeira vez que fiz Fondue. Pesquisei na net até mas a pesquisa não foi satisfatória. Assim, aqui fica o que sei...

IMG_4471.JPG

INGREDIENTES

4 a 5 quadrados de carne para fondue por pessoa

sal q.b.

óleo q.b.

gel ou alcool q.b.

umas gotinhas de água ardente

Molhos (pelo menos 4)

Acompanhamentos variados: batata frita, esparregado de espinafres e salada de fruta tropical (manga, laranja, ananás, uva....)

IMG_4463.JPG

IMG_4469.JPG

PREPARAÇÃO

Comece por arranjar a carne crua, colocando-a numa travessa de levar à mesa, apenas temperada com sal e pimenta.

Frite batatas aos palitos e faça um esparregado de espinafres (se gostar). Crie também uma salada de frutas, vai ajudar a refrescar e desenjoar. Os citrinos como a laranja (fatiada) e as frutas tropicais como a manga e o ananás (cortados em cubos) parecem-me as mais indicadas. Na minha, juntei também uns bagos de uva.

Quanto aos molhos, pode fazê-los ou comprá-los feitos. Mas molho tipo coktail ou wisky, molho de alho, maionese e ketchup são boas opções. Usei estes porque tinha crianças à mesa. Se não tivesse, eventualmente, acrescentaria um molho mais picante de pimenta, por exemplo. Molho simples de manteiga e limão também é boa opção.

Agora, algumas dicas importantes....

Qual a quantidade de óleo a colocar no recepiente de fondue? Bem, diria que, mais ou menos, deve encher a panelinha até meio.

E aquece-se o óleo antes ou leva-se frio para a mesa?

Aqueça bem antes de levar para a mesa, afinal a "lamparina" não tem força para o aquecer tanto assim, apenas o irá manter quente.

E põe-se apenas o óleo na panelinha? Não! Ponha uma rolha de cortiça (que foi o que eu pus) ou uma pequena batata com casca para ajudar o óleo a manter-se limpo e a durar mais.

E o que usar para queimar na lamparina? Pode usar alcool normal mas é mais perigoso por ser mais líquido. Hoje em dia, há um gel próprio à venda e encontra-o facilmente em grandes hipermercados como o Continente ou em lojas tipo A Casa... Peça simplesmente gel para pôr na lamparina do fondue, que sabem logo o que procura! E já há gel sem odor! Antigamente, havia alguns que deitavam um cheiro incomodativo. O gel tem mais do que uma vantagem: é mais espesso e seguro por isso; e arde mais devagar, pelo que dura mais tempo. 

Se adicionar umas gotinhas de água ardente tanto ao alcool como ao gel consegue aumentar ainda mais a sua durabilidade.

E todas as lamparinas podem usar alcool? Tanto as que têm uma rede ou buraquinhos por dentro como as outras completamente abertas? Sim! E gel? Bem, disseram-me que o gel não era tão indicado para as lamparinas de rede mas quando fui à loja de onde veio o meu equipamento (por acaso, era do Gato Preto), a funcionária disse que a minha lamparina que tinha uns buraquinhos também levava gel. Assim, eu coloquei gel. Demora mais a escorregar mas com paciência também entra para dentro dos tais buraquinhos. 

A lamparina parece que tem papel lá dentro, é normal? Sim, é. Não tire. É próprio.

Até onde encher a lamparina? Não encha muito, deixe pelo menos um terço vazio no cimo. Evita acidentes.

Quanto tempo dura o gel? Para terem uma ideia, para cerca de 25 a 30 pedaços de carne eu uso duas vezes gel. Ou seja, acendo ao início e a meio preciso de colocar mais. E demoramos muito tempo a comer, somos 5!

Espero que estas dicas ajudem. E aproveitem. O Fondue é uma delícia! Uma ideia divertida e descontraída para comer e conviver à mesa! E todos os componentes desta refeição são tão coloridos e bonitos...

IMG_4465.JPG

IMG_4466.JPG

IMG_4467.JPG

IMG_4468.JPG

 

 

 

 

 

09
Fev15

Bifinhos de perú com laranja

Bom Garfo

IMG_4446.JPG

Este prato é relativamente saudável (não fosse o pacotito das natas, mas em contrapartida não leva mais qualquer gordura e perú é carne branca), super rápido, super fácil mas tem um certo encanto... sai da rotina, embora se adopte muito bem como um prato a repetir várias vezes e quiçá a integrar a ementa da "casa". Parece mais elaborado do que é...

IMG_4448.JPG

INGREDIENTES PARA 5 PESSOAS

5 bifes de perú (gosto deles para o fino)

1 laranja grandinha ou 2 (sumo)

1 pacote de natas

2 dentes de alho

sal, oregãos, manjericão em especiaria para polvilhar

IMG_4445.JPG

 PREPARAÇÃO

Coloque os bifes num pirex de levar ao forno. Tempere-os com um pouco de sal. Por cima deles, pique os dentes de alho e verta o sumo de laranja. De seguida, verta as natas. Polvilhe com manjericão e orégãos (ou com a sua erva preferida) e leve ao forno, até o molho reduzir e ficar douradinho. 

Acompanhe com salada e arroz.

Mais fácil é difícil...

07
Fev15

Panados de perú à italiana

Bom Garfo

IMG_4509.JPG

 Já aqui tinha registado uma receita de panados. Esta é nova, mais elaborada. Tem um toquezinho italiano, não a tivesse eu aprendido com uma italiana!

Os panados com um pão ralado enriquecido com queijo, alho e manjericão, ficam tão bons!

IMG_4510.JPG

INGREDIENTES PARA 5 PESSOAS

5 bifes de perú finos

pão ralado, alho em pó, sal, pimenta, manjericão de especiaria (ou fresco), óleo, farinha q.b.

1 limão

2 a 3 ovos

 

PREPARAÇÃO

Parta cada bife de perú ao meio. Tempere cada bifinho com sal, pimenta e sumo de limão. Reserve.

Depois, monte uma espécie de linha de montagem para panar...

Vai precisar de 3 pratos: 1 para colocar farinha, outro para colocar os ovos previamente batidos com uma vara ou garfo e outro para colocar o pão ralado. Ora, o "segredo" está no pão ralado... Simples, adicione ao pão ralado uma mãozinha de queijo ralado (pode ser parmesão ou outro qualquer em pó), 1 colher e meia de manjericão em especiaria (ou uma meia mãozinha de manjericão fresco picadinho) e 3 pitadas boas de alho em pó. Mexa bem, por forma a que todos os ingredientes se misturem.

Entretanto, aqueça óleo numa frigideira, até ficar bem quentito.

Primeiro, passe o bifinho na farinha, depois no ovo (que este cubra o bifinho todo) e depois no pão ralado especial. Leve a fritar (de um lado e do outro). Quando estiver douradinho, retire e coloque num prato ou travessa forrado com papel de cozinha para ajudar a absorver o excesso de óleo. Repita com os bifinhos todos.

Sirva quente ou frio... Eu acompanhei com arroz branco, uma salada de alfaces variadas e tomate e manga...

06
Fev15

Bolo de milho, côco e laranja

Bom Garfo

IMG_4524.JPG

 

Apetece-lhe um docinho mas não tem nada pronto aí por casa? E também não tem muito tempo? Então, este é o bolinho ideal. Faz-se num piscar de olhos e não leva muitos ingredientes, os que leva são ingredientes que normalmente temos à mão. Adorei o lado prático e o sabor. Um sabor leve, fresco e nada enjoativo. Aliás, puxou pela minha gula, a coisa funcionou ao contrário, hehe! Por ser tão pouco enjoativo parece que havia sempre espaço para mais uma fatia... Bem, fiquei fã de bolo de milho!

IMG_4520.JPG

 INGREDIENTES

200 g de milho (de lata, usei Bonduelle)

1 lata de leite condensado normal

100 gr de côco ralado

raspa de 1 laranja

1 colher de sopa de fermento

4 ovos

IMG_4523.JPG

 PREPARAÇÃO

Junte todos os ingredientes no liquidificador e carregue no botão! Isso, basta bater todos juntos. 

Unte uma forma e forre-a com papel vegetal. Volte a untá-lo. Verta o preparado e leve ao forno a 180cº, até ficar douradinho. Este bolito fica super húmido e fôfo. Cresce um bocadinho mas não muito. Por isso, para esta quantidade não use uma forma muito grande. Optei pela forma do bolo inglês. Mas aumentar as quantidades é algo que para a próxima vou considerar, hehe! 

05
Fev15

Bolo de maçã e noz Nova Iorque

Bom Garfo

IMG_4519.JPGIMG_4512.JPG

Gosto de bolos de maçã, ando sempre à espreita de descobrir o bolo perfeito. Assim, experimentei um novo. Este, vi num programa de TV e parece que é servido como sobremesa num restaurante em Nova Iorque. Acho sempre graça a estes pormenores (de onde vem o bolo, etc). É rapidíssimo, super fácil e o melhor é que nem precisa de ir buscar batedeira! Pois, este bolito é apenas "mal mexido" com um utensílio de varas e/ou uma colher de pau! Não é fantástico?! Eu achei, hehe!  Bem, mas o resultado é muito bom mesmo. Até a filha mais velha que não liga a bolos de maçã (e muito menos de noz) se rendeu! Saboroso, húmido... Enfim, derrete-se na boca:)

IMG_4516.JPG

INGREDIENTES

3 maçãs (1 de casca verde; 2 de casca vermelha)

1 chávena de nozes grosseiramente picadas

2 chávenas de farinha

1 chávena de açúcar (normal, branco)

1/2 chávena de açúcar amarelo mascavado

1 embalagem de puré de maçã (daqueles que se dão aos bebés)

1/4 de chávena de óleo

2 ovos inteiros

1 + 1/4 de colher de chá de bicabornato de sódio

1 pitada pequenina de sal

1 colher de chá de canela

1/4 de colher de chá de pimenta preta

1/4 de colher de chá de noz moscada

IMG_4517.JPG

PREPARAÇÃO

Numa tigela, coloque os ovos, o puré de maçã e o óleo. Mexa com as varas. Reserve. Noutra tigela, junte os secos: a farinha, o bicabornato de sódio, a canela, a noz moscada, a pimenta, o sal e os açúcares. 

Depois, verta o conteúdo líquido da primeira tigela por cima da tigela da farinha. Mexa suavemente com a colher de pau. Reserve.

Corte as maçãs em cubos e parta grosseiramente as nozes. Incorpore as maçãs e as nozes na massa. Vai parecer que não tem muita massa. É assim. Apenas se certifique de que as maçãs e as nozes estão bem misturadas com a massa.

Unte um tabuleiro e forre-o com papel vegetal. Volte a untá-lo com manteiga (ou com spray para bolos). Deite a massa no tabuleiro, ajudando a que todo ele fique forrado com a massa. Não use um tabuleiro demasiado grande. Este bolo é para se partir em quadrados grandinhos, em vez de fatias. Desde que a massa chegue para forrar a forma, mesmo que fique baixinha não há problema. O bolo crescerá até à altura perfeita!

Por último, polvilhe o bolo com açúcar e canela por cima. Vai fazer com que ele ganhe uma crosta muito interessante. Use o dobro do açúcar relativamente à canela.

Leve ao forno a 180 cº, cerca de 40 ou 45 minutos (até dourar). Curiosamente, este bolito fica muito castanho, parecendo quase bolo de chocolate... é morenito!

Se quiser servir de forma mais elaborada, junte um montinho de chantilly ou uma bola de gelado de baunilha.

 

 

 

04
Fev15

Cheesecake de chocolate - 1 ano de blog

Bom Garfo

IMG_3765.JPG

 Este "Bom Garfo" fez 1 aninho! E sou tão desnaturada que me esqueci... Pois é, o blog celebrou o seu primeiro aniversário no passado dia 28 de Janeiro... Um bocadinho atrasado, aqui vai um miminho doce para celebrar a data:)

Hummm! Chocolate e com um sabor tão delicioso e fresquinho!

Este cheesecake é uma receita da minha enteada Lídia. Na maioria das vezes, ela é que me costuma pedir as receitas mas desta vez trocámos! Experimentei na casa dela e adorei. É fácil e muito agradável. Então, aqui vai...

IMG_3735.JPG

INGREDIENTES

Para a massa: 1 pacote de bolacha maria

margarina vaqueiro (250 g derretida)

Para o recheio: 4 folhas de gelatina incolor

1 tablete de chocolate culinária

1 lata de leite condensado normal

2 pacotes de natas

IMG_3737.JPG

PREPARAÇÃO 

Primeiro, faça a massa. Pique a bolacha maria. Derreta a manteiga. Misture tudo com as mãos, amassando bem. Forre uma tarteira e reserve.

De seguida, prepare o recheio...

Aqueça o leite condensado mexendo sempre, (lume no minimo) adicione a gelatina previamente diluida em água quente (se quiser, pode também ajudar a dilui-la levando-a um pouco ao microondas). Adicione o chocolate por forma a derreter e juntar as natas. Mexa até ficar consistente e acastanhado. Desligue o lume. Verta por cima da bolacha. E leve ao frigorifico, pelo menos um par de horas. Sirva fresquinho!

Desta vez, enfeitei com 3 belos moranguitos!

Mais simples... impossível!

 

 

Bons Garfos que me visitaram

Hit Counters
HTML Hit Counter

Mais sobre mim

foto do autor

Top blogs de receitas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • APRESENTAÇÃO DA MINHA COZINHA...

  •  
  • Bolos

  •  
  • Bolos de tabuleiro

  •  
  • Doces de colher

  •  
  • Outros Doces

  •  
  • Quiches & Similares

  •  
  • Saladas

  •  
  • Entradas & Petiscos

  •  
  • Sopas

  •  
  • Carnes

  •  
  • Peixes

  •  
  • Mariscos

  •  
  • Moluscos

  •  
  • Outros pratos

  •  
  •  
  • Acompanhamentos

  •  
  • Receitas + saudáveis (menos calóricas)

  •  
  • Idéias Rápidas

  •  
  • Sugestões de decoração

  •  
  •  
  • Curiosidades sobre...

  •  
  •  
  • Para meter o garfo e a colher...

  •  
  •  
  • Utensílios de Cozinha & Mesa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • OUTRAS COZINHAS QUE VISITO

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • MAIS SOBRE MIM (PINTURA)

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Bons garfos cá por casa


    My Stick Family from WiddlyTinks.com