Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

17
Abr19

O meu arroz de pato

Bom Garfo

IMG_20190307_231454.jpgCá em casa todos adoram arroz de pato! E eu não sou, obviamente, exceção!  E se pensam que é algo muito complicado, desenganem-se. Bem sei que o "tradicional" vai ao forno... e este, se quiserem, também o podem lá pôr, mas o meu sai do tacho para a travessa e o sabor é o mesmo! Soltinho e até douradinho! O segredo está na forma como fiz o arroz... Uma boa imitação, pois! 

IMG_20190307_231445.jpg

INGREDIENTES

1200kg de pato desfiado

3, 5 chávenas de chá de arroz agulha (uso Cigala)

7 chávenas de chá de água (sendo o máximo possível pertencente à da cozedura do pato)

1 cebola

3 dentes de alho

1 chouriço de carne

70 gr de bacon (de preferência fumado) em tirinhas

1 bom pimento vermelho

1 folha de louro

1 talo de aipo (facultativo)

1 caldo knorr de galinha (facultativo)

sal e pimenta preta q.b.

um fio de azeite

IMG_20190307_215654.jpg  IMG_20190307_215705.jpg 

IMG_20190307_214839.jpg  IMG_20190307_214847.jpg

PREPARAÇÃO

Começo por preparar as carnes. Se comprar um pato inteiro, terá que cozê-lo. Guarde a água da cozedura. Quando o pato arrefecer, desfie-o.

Também pode optar por comprar aquelas embalagens de pato já cozido e desfiado que existem à venda no supermercado. Poupa trabalho e o pato é muito saboroso, além de que trazem uma embalagem à parte com o caldo da cozedura do dito. A escolha é sua. Portanto, recapitulando, pato desfiado e reservado num recipiente.

Depois, corto o chouriço em rodelas médio/finas e levo a alourá-las de um lado e do outro, numa frigideira sem qualquer gordura. Reservo num prato. Levo a alourar, igualmente, o pimento cortado em pedaços, até que fique parecido com pimento assado. E reservo, juntamente, com as rodelas de chouriço no prato.

Chegou a hora de começar a tratar do arroz.

Levo o bacon em tirinhas, a cebola e os alhos picados ao lume, num tacho, com um fio de azeite. Passado um minuto, acrescento logo o arroz e vou mexendo para que não se queime, até ficar dourado. Quando chegar a esse ponto, acrescento a água (incluindo o caldo da cozedura do pato), o caldo knorr, o talo de aipo, o louro, sal (uso flor de sal) e pimenta preta moída na hora q.b.. Mexo bem e tapo. Deixo cozinhar até ter perdido a água, estar solto e cozido. 

Retiro o aipo e o louro. Junto o pato desfiado e cerca de metade das rodelas de chouriço e dos pedaços de pimento. Deixo o chouriço e o pimento suficientes para enfeitar por cima a travessa, no fim.

Envolvo tudo muito bem.

Transfiro para a travessa. E, tal como disse em cima, adorno com algumas rodelas de chouriço e com pedaços de pimento "assado".

Pronto a servir!

Costumo acompanhar com salada de alface, tomate e cebola.

IMG-20190308-WA0001.jpg

IMG-20190308-WA0000.jpg

IMG_20190307_231436.jpg

 

03
Abr19

Arroz integral

Bom Garfo

IMG_20180614_231153.jpg

Hoje venho falar do arroz integral. Então, dizem que o arroz integral é mais saudável do que o arroz "branco" que costumamos comprar normalmente (seja agulha, carolino, etc.). Dizem também que é mais nutritivo e que tem mais fibra. Não duvido. É daquelas coisas que até me faz sentido, porque há uma imensidão delas que comigo não "pegam". Mas, ok, acredito que o arroz integral é melhor. O problema é o sabor e/ou a textura, que acho muito pior. E não me parece que o problema seja meu, que seja eu não saber cozinhá-lo! De todo! Até porque a primeira vez que o experimentei foi num restaurante macrobiótico e era igualmente mau! E além disso, também costuma demorar mais a cozer...

Este "post" parece publicidade... Mas ninguém me pagou nem deu quaisquer benesses, juro! Apenas gostava de partilhar com quem esteja interessado(a) a minha experiência. Encontrei um arroz integral castanho - brown rice - à venda no Continente (aqui, porque não o encontro noutro sítio e procurei bastante), que me fez mudar de ideias. Este sabe muito bem, fica super soltinho (nada empapado) e é rápido de fazer!  E acreditem que experimentei vários antes de descobrir esta "pérola"...

Sim, é um pouco mais caro. Não vou mentir. Mas para quem se importar com "alimentação saudável" , tiver disponibilidade financeira e, tal como eu, achar que o arroz integral  não sabe lá muito bem, aconselho a experimentar este. Vale a pena. No final, quase parece arroz no forno... Cá em casa, vamos alternando entre o arroz agulha e este arroz integral...

IMG_20180614_231228.jpg

INGREDIENTES

1 embalagem de arroz (= 400 gr)

5 chávenas de chá de água (ou 5 + um bocadinho)

sal q.b.

1/3 de cebola

1 dente de alho

azeite q.b.

IMG_20180614_235205.jpg

PREPARAÇÃO

Faço-o praticamente como faço o arroz comum de agulha.

Primeiro, levo um pequeno fio de azeite com a cebola e o alho picados ao lume. Junto-lhes o arroz e deixo-o alourar um pouco por dois a três minutos. Vou mexendo, com cuidado para não deixar queimar. Depois, acrescento a água e tempero com sal. Tapo a panela e deixo cozer, até ficar pronto, o que deve acontecer entre 10 a 15 minutos, mais ou menos. É uma questão de irem "deitando o olho". Quando estiver cozido, desligo o lume e deixo-o repousar um pouco. 

Simples e bom, tal como o arroz não integral. A diferença só está mesmo no preço, até porque um pacote destes custa cerca de 1,99 euros e traz metade da quantidade... Mas lá que deve ser mais saudável... Deve...

Já experimentei outras marcas e, sinceramente, não gostei. Mas este garanto que sabe bem e fica soltinho!

IMG_20190212_033945.jpg 

IMG_20190212_034001.jpg

14
Abr18

Arroz de ervilhas e cenoura

Bom Garfo

IMG_7950.JPG

Este é o arroz de ervilhas e cenoura que a minha avó sempre fazia para acompanhar panados de pescada ou bifinhos panados de perú ou vaca. E eu adorava desde pequenina!

E cá em casa faço o mesmo arroz a acompanhar as mesmas coisas. E para finalizar, com uma simples salada de tomate e alface, sabe tão bem... É um arroz muito simples e cuja forma de fazer serve de base para outros pratos até...

IMG_7946.JPGIMG_7945.JPG

INGREDIENTES

3 chávenas de arroz agulha (gosto de utilizar Cigala)

2 cenouras grandes

250 gr de ervilhas

1 cebola

1 a 2 dentes de alho (depende do tamanho)

sal e azeite q.b.

IMG_7947.JPG

IMG_7948.JPG

PREPARAÇÃO

Corte cubinhos de cenoura pequenos e todos iguais. Pique alho e cebola e leve a refogar juntamente com os cubinhos de cenoura por 1 ou 2 minutos num fio de azeite. Acrescente o arroz, mexa bem por forma a que o arroz fique todo molhadinho no azeite (mas atenção, não ponha demasiado azeite!). Deixe alourar alguns minutos (não precisa de alourar tanto como no arroz da receita anterior), depois acrescente 5,5 chávenas de água (deveriam ser 6 mas como as ervilhas congeladas também contêm água, esta quantidade é suficiente), tempere com sal e tape a panela. Deve ficar a cozinhar mais uns 10 minutos (não gosto muito de dar tempos, porue na verdade também diferem um pouco com a qualidade do arroz usado e até com a altura do lume que colocam, portanto, isto será de forma arredondada). Acrescente as ervilhas, mexa. Rectifique o tempero. Deixe cozinhar até ficar pronto, sem líquido e soltinho.

IMG_7949.JPG

 

12
Abr18

Arroz dourado

Bom Garfo

Este é o meu arroz preferido. Aprendi a fazê-lo com a minha avó. Cá em casa todos o adoram!

É simples e super saboroso.

Na verdade, é um arroz frito. Sabe quase a arroz de forno. É super soltinho, uma maravilha.

E este arroz também pode servir de base a outros arrozes, por exemplo se acrescentar cogumelos ou o que a sua imaginação ditar...

Aqui fica o arroz dourado da minha avó...

INGREDIENTES

3 chávenas de arroz agulha (costumo preferir o Cigala)

1 cebola média / grandinha

1 bom dente de alho

sal e azeite q.b

2,5 a 3 chávenas de água (depende se usaram muito azeite)

 

PREPARAÇÃO

Pique o alho e a cebola finamente, leve ao lume a começar a alourar 1 minuto com um fio de azeite. Acrescente o arroz (sem lavá-lo), mexa bem até ficar todo molhadinho pelo azeite. Mas, atenção: o azeite apenas deve ser utilizado numa quantidade que seja suficiente para envolver o arroz mas sem ficar com uma poça no fundo do tacho. Se achar que pôs azeite a mais depois corte um pouquinho na água (e o arroz poderá ficar mais oleoso)...

Continuando... Em lume brando, deixe o arroz ganhar uma tonalidade dourada, sempre com o cuidado de o ir mexendo para que a cebola e/ou o alho não se queimem. Quando o arroz alcançar essa cor, acrescente a água (de preferência bem quente) e tempere de sal. Vai borbulhar, mal deite a primeira chávena de água. Mexa. Tape e coloque o lume médio para o alto. Passados 5 minutos, reduza um pouco o lume.  Deixe cozinhar até o líquido se evaporar e ele estar cozido mas soltinho. No fim, depois do lume desligado, deixe repousar uns minutinhos.

 

31
Jan14

Arroz de polvo malandrinho

Bom Garfo

 

IMG_4575.JPG

Adoro polvo de todas as maneiras e feitios mas, especialmente, arroz de polvo, polvo à lagareiro, polvo frito e saladinha de polvo.

Desta vez, fiz arroz de polvo malandrinho. Mesmo molhadinho e apetitoso!

Cá em casa todos se regalaram, comeram e repetiram!

Eu faço assim...

 

IMG_4572.JPG

INGREDIENTES (para 6 pessoas à vontade)

1 polvo com cerca de 2,800 ou 3 kg

3 chávenas de chá de arroz (uso sempre o agulha da Cigala, é o meu preferido)

cerca de 9 chávenas de chá de água do polvo

2 chávenas de chá de água

2 bons dentes de alho

2 cebolas (1 média para cozer com o polvo e outra maiorzinha para o arroz)

1/3 de pimento vermelho

1 pacote de polpa de tomate

1 clado knorr de galinha

1 colher de sopa de ketchup

sal, manjericão em folha (de especiaria), orégãos em folha (de especiaria), pimenta branca, azeite e coentros frescos q.b

 

IMG_4571.JPG

PREPARAÇÃO

Cozer o polvo junto com uma cebola. Assim, fica mais vermelhinho e macio. Depois, eliminar a cebola. Partir o polvo aos bocados e reservar.

À parte, fazer um refogado com azeite, alho, cebola, pimento e o caldo knorr. Quando estiver alourado, acrescentar o arroz, mexer. Adicionar a água do polvo e a água natural. Envolver bem. Juntar a polpa de tomate e o ketchup, voltar a mexer. Tapar a panela. Quando reparar que o arroz está cozido, coloque os temperos e prove. Adicionar o polvo partido e polvilhar com muitos coentros. Mexer. O correcto é que o arroz esteja cozido, com os grãos bem soltinhos e bem molhadinho. Está pronto a servir!

SDC12615

 

Bons Garfos que me visitaram

Hit Counters
HTML Hit Counter

Mais sobre mim

foto do autor

Top blogs de receitas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • APRESENTAÇÃO DA MINHA COZINHA...

  •  
  • Bolos

  •  
  • Bolos de tabuleiro

  •  
  • Doces de colher

  •  
  • Outros Doces

  •  
  • Quiches & Similares

  •  
  • Saladas

  •  
  • Entradas & Petiscos

  •  
  • Sopas

  •  
  • Carnes

  •  
  • Peixes

  •  
  • Mariscos

  •  
  • Moluscos

  •  
  • Outros pratos

  •  
  •  
  • Acompanhamentos

  •  
  • Receitas + saudáveis (menos calóricas)

  •  
  • Idéias Rápidas

  •  
  • Sugestões de decoração

  •  
  •  
  • Curiosidades sobre...

  •  
  •  
  • Para meter o garfo e a colher...

  •  
  •  
  • Utensílios de Cozinha & Mesa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • OUTRAS COZINHAS QUE VISITO

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • MAIS SOBRE MIM (PINTURA)

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Bons garfos cá por casa


    My Stick Family from WiddlyTinks.com