Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

09
Mai19

Salada de feijão preto

Bom Garfo

IMG_20190213_215805.jpg

Esta é uma salada que serve de acompanhamento a pratos de carne, na brasa, grelhados, etc. A inspiração é brasileira, dos rodízios.  Mas fiz à minha maneira.  Desta vez, foi para acompanhar picanha. Pode servir-se quente ou fria. E, na verdade, também se pode comê-la como prato, pois é nutritiva.

IMG_20190213_215812.jpg

INGREDIENTES

2 latas pequenas de feijão preto

70 gr de tiras de bacon fumado

meia cebola

1 dente de alho

azeite q.b.

sal e pimenta preta q.b.

1 raminho de coentros frescos

sumo de limão q.b.

IMG_20190213_215751.jpg

PREPARAÇÃO

Numa frigideira, sem qualquer adição de gordura, leve as tirinhas de bacon a alourar. Elas douram na própria gordura. Depois, junte o alho picado e deixe cozinhar um pouco. Acrescente, o feijão (previamente escorrido), tempere com sal e pimenta preta moída na hora a gosto e misture. Adicione a cebola picada e cozinhe por mais uns 2 minutos. Não deixe que a cebola fique completamente cozinhada. 

Desligue o lume. Tempere com azeite e sumo de limão. Polvilhe com bastantes coentros frescos e envolva tudo muito bem. 

Se quiser, pode servir com farinha de mandioca para polvilhar a gosto. 

02
Mai19

Salada de atum com feijão frade

Bom Garfo

IMG_20190321_223811.jpg

Existem imensas receitas de salada de atum. Esta é uma delas e, quanto a mim, a mais rápida e fácil de todas. Leva pouquíssimos ingredientes. É saborosa. E como já estamos na Primavera e o Verão se vai aproximando, e esta é uma saladinha que se come bem em dias solarengos, aqui fica a receita... coisinha mesmo simples!

IMG_20190321_223801.jpg

INGREDIENTES

2 latas de atum pequenas

3 latas de feijão frade pequenas

3 ovos

meia cebola

coentros frescos q.b.

sal e pimenta q.b.

azeite e vinagre q.b.

IMG_20190321_230045.jpg

PREPARAÇÃO

Comece por cozer os ovos. Já sabe, vão ao lume cobertos de água e quando esta levantar fervura apaga-se o fogo. Deixam-se tapados por 10 minutos e estão cozidos. Depois, descascam-se, debaixo de água corrente, para facilitar o processo. Deixam-se arrefecer. Quando os ovos cozidos são para cortar em rodelas para colocar em pratos, gosto de só os cortar frios, pois as fatias saem mais direitinhas. Bem, reserve os ovos...

Escorram muito bem a água da conservação dos feijões e lavem-os, debaixo de água corrente. Voltem, obviamente a escorrê-los e coloquem-os no recipiente em que vão servir. 

Escorram as latas de atum (do azeite, do óleo ou da água, consoante tenham comprado atum "em") e desfiem-no. Envolvam as lascas de atum nos feijões.

Acrescentem-lhes a cebola picada bem fininhas. Temperem a gosto, com sal, pimenta, azeite e vinagre. Polvilhem generosamente com coentros frescos picados. Mexam bem. Adicionem as rodelas de ovo cozido.

Se quiserem, também podem servir a salada enfeitada com algumas azeitonas pretas...

IMG_20190321_230050.jpg

 

22
Fev19

Feijão branco à inglesa

Bom Garfo

IMG_20180404_221541.jpg

Outro acompanhamento... Este, faço-o há muitos anos. Lembro-me que o vi numa revista de culinária e que me chamou a atenção por dizerem que era um acompanhamento "inglês"! Não sei se é verdade ou não, mas na tal revista dizia que os ingleses o utilizavam bastante para acompanhar carnes. E eu, que na altura era miúda, decidi que queria exeperimentar o mesmo que os ingleses! Vá-se lá saber porquê, nem tenho qualquer panca com eles! Ah, ah! Mas, ok, experimentei, gostei, achei prático, rápido, saboroso e entrou para o cardápio. Considero-o saudável, apesar de levar um pouco de natas. Afinal, ainda no outro dia, estava a assistir a um programa de cozinha cujo chef é muito cuidadoso com as gorduras e tal e ele próprio fez um prato que levava natas. E eu estava a olhar de lado para ele, a pensar o que lhe teria passado pela cabeça... quando parece que ele ouviu o meu pensamento e, prontamente, respondeu através da televisão: "Bem sei que leva natas, mas reparem que é um pacotinho por uma imensidão de comida, e se fizermos as contas, já imaginaram que cada pessoa quase não as vai comer?!". Bummmmm! Fez-se luz! É verdade! E o mesmo se passa aqui, porque eu faço a receita com bastante feijão, se fizerem numa dose muito mais pequena, pensem... E é super saboroso!

IMG_20180404_221619.jpg

INGREDIENTES

2 latas grandes de feijão branco (cerca de 1 kg)

4 bons dentes de alho 

1 pacote de natas (=200 ml)

um fio de azeite 

1/2 limão

sal e pimenta q.b.

um raminho de coentros frescos

 

IMG_20180404_221936.jpg

PREPARAÇÃO

Se usarem o feijão de lata, escorram muito bem o líquido de conservação, lavem em água corrente. Reservem.

Piquem os dentes de alho bem picadinhos e levem, juntamente com um fio de azeite, ao lume. Antes de alourarem, adicionem o feijão, envolvam bem. Temperem com sal e pimenta a gosto e deixem cozinhar por 3 minutos. Acrescentem as natas e misturem bem. Deixem cozinhar mais uns minutinhos (poucos), até os sabores estarem apuradinhos mas enquanto o feijão ainda estiver soltinho. Juntem o sumo de limão (não ponham muito para não amargar, uma espremidela é suficiente). Mexam bem e polvilhem com bastantes coentros frescos picados. Prontinho!

IMG_20190206_225514.jpg

 

10
Fev19

Salada de feijão verde e ovo

Bom Garfo

IMG_20190203_232010.jpg

Nem sei se estamos perante uma receita digna de blog mas vale pela ideia. Na verdade, vivemos numa altura, em que somos bombardeados por comida saborosa mas pouco saudável e ao mesmo tempo também somos incentivados a não comê-la e a optar por uma alimentação mais cuidada, privilegiando legumes e fruta. Para muitas pessoas, especialmente as que vivem na cidade, isso nem sempre parece muito fácil de levar a cabo. Tanto porque vivem numa correria e preparar legumes pode (à primeira vista) dar trabalho - mais do que comer fast food ou comida congelada -, como por falta de imaginação (sempre salada de alface e tomate... sempre bróculos quando é peixe cozido). Portanto, aqui fica mais uma ideia e muito simples mesmo, como se pode facilmente constatar. E uma ideia saudável, nutritiva e boa para adultos e crianças. Tanto acompanha peixe como carne, mas com uma douradinha feita em papelote... hum!

IMG_20190203_232024.jpg

INGREDIENTES

Cerca de 1 Kg de feijão verde

4 ovos

sal q.b.

1 fio de azeite

1 colher de sopa mal cheia de manteiga

IMG_20190203_235337.jpg

PREPARAÇÃO

Arranje o feijão verde: corte-lhe as pontas de ambos os lados, retire o fio de ambos os lados, lave e corte de pedaços a seu gosto.

Leve a cozer em água abundante, temperada com sal a gosto.

Coza igualmente os ovos. Confesso que costumo cozê-los numa panelinha à parte e que quando a água destes começa a ferver, desligo o lume e deixo-os ficar com tampa posta por 10 minutos. Depois, então, escorro a água e descasco-os debaixo de água fria da torneira. Reservo.

Quando o feijão estiver cozido (eu gosto dele assim um pouquinho "al dente"), retire do lume. Escorra. Transfira para uma taça e tempere com o fio de azeite e a manteiga. 

De seguida, corte os ovos cozidos em quartos no sentido vertical (ao alto) e disponha por cima do feijão.

Já está!

IMG_20190203_235326.jpg IMG_20190203_235308.jpg IMG_20190203_232018.jpg

08
Fev19

Migas de couve com feijão frade

Bom Garfo

IMG_20180517_215945.jpg

Mais um acompanhamento saboroso, que combina com todas as estações do ano - até porque tanto pode ser servido quente como frio -, nutritivo, saudável e que adoro: couve portuguesa (ou galega) com feijão frade! Trata-se, na verdade, de uma espécie de migas, rápidas de fazer e que têm um sabor bem nacional. 

Estas couves acompanham maravilhosamente pratos de carne, como frango e porco. Ficam soberbas com umas espetadas ou com um entrecosto (como ilustro nas fotos). Contudo, também podem animar pratos de peixe, até uma insípida pescadinha cozida. 

Outro ponto a favor é dispensarem mais acompanhamentos de hidratos, como batatas ou arroz. Afinal, as couves com o feijão saciam bem o nosso apetite ... E depois das Festas, bem precisamos de compensar os excessos!  

IMG_20180517_215920.jpg

INGREDIENTES

2 sacos de couve portuguesa cortada para caldo verde (usei do Pingo Doce)

1 lata pequena de feijão frade (ou seco e previamente demolhado)

1 cebola pequena picada

1 dente de alho picado (ou alho em pó q.b.)

sumo de 1/2 limão

azeite q.b.

sal, pimenta e coentros frescos picados q.b.

IMG_20180920_231022.jpg

PREPARAÇÃO

Numa frigideira, com um fio de azeite, leve ao lume a couve cortada  como se fosse para fazer caldo verde (tipo em ripas). Já existem supermercados que oferecem este produto fresco em sacos, sendo muito útil para poupar tempo. Vá mexendo de vez em quando.

Entretanto, pique a cebola e reserve. 

Caso tenha optado pelo feijão frade de lata, lave-o muito bem, escorra-o e reserve. 

Quando a couve começar a mudar de cor, ou seja quando já for possível perceber que está a ficar cozinhada, junte o alho, tempere com sal e pimenta e volte a deixar cozinhar mais três minutos. De seguida, acrescente o feijão.

Se achar que está seca, pode acrescentar mais um pouco de azeite, mas não exagere para que também não fique demasiado molhada e gordurenta. 

Deite-lhe o sumo de limão, espremido na hora, e envolva bem. 

Quando estiver perto de estar cozinhada ao seu gosto, rectifique o tempero e adicione a cebola. Mexa carinhosamente, para que a cebola fique bem espalhada. A cebola não se quer cozinhada nem completamente crua, mas mais para o cru. Portanto, basta um ou dois minutos e está no ponto.

Termine com coentros frescos picados.

IMG_20180517_220458.jpg

IMG_20190214_231908.jpg

 

16
Mar18

Tarte de feijão fácil

Bom Garfo

IMG_7932.JPG

Existem diversas receitas de tarte de feijão, que é um bolo da nossa doçaria tradicional. Hoje, trago-vos uma que para o tamanho com que fica a tarte é das que menos ovos leva e podem fazê-la com massa quebrada de compra e com feijões de conserva. E podem ou não adicionar-lhe côco. 

Resulta numa tarte saborosa e não demasiado doce. Muito fácil e rápida!

IMG_7933.JPG

INGREDIENTES

2 latas pequenas de feijão branco (= 520 gr de feijão escorrido)

400 gr de açúcar

6 ovos + 2 gemas

1 colher de chá de baunilha

2 colheres de chá de canela em pó

90 gr de margarina derretida 

90 gr de farinha

1 massa quebrada de compra

açúcar e canela em pó q.b. para polvilhar

IMG_7935.JPG

PREPARAÇÃO

Ligue o forno a 180cº.

Forre uma tarteira com massa quebrada, pique-lhe o fundo com um garfo e reserve.

Apesar do feijão de lata já ser cozido, coza-o mais uns minutos numa panelinha com água, depois escorra bem e transforme em puré com a ajuda de um passevite ou processador.

Deite o puré de feijão numa taça, junte o açúcar e bata. Acrescente a margarina derretida e mexa. De seguida, adicione intercaladamente os ovos e gemas e a farinha com canela. Bata. Por último, adicione a baunilha e incorpore tudo.

Verta na forma forrada com a massa quebrada. Apare os bordos da massa à medida,não deixe mais do que 1 cm de altura a mais do que o recheio... E leve ao forno até estar cozida.

Desenforme, deixe arrefecer e polvilhe com açúcar em pó e canela.

IMG_7931.JPG

DICA: Se apreciar e gostar, pode acrescentar ao recheio 100 gr de côco ralado e bater com os restantes igredientes. Assim, ficará com uma tarte de feijão e côco! Esta da foto só tem o feijão.

IMG_7934.JPG

 

30
Abr14

Chili de carne

Bom Garfo

Chili de carne, adoro! Mas, confesso que não sou muito adepta de picante e com crianças em casa nem pensar... Portanto, este é um chili com um sabor intenso mas sem ser picante. Tem aquele paladar que dá para perceber que não é receita da cozinha portuguesa, é aromático... quem gostar de picante, é só acrescentar-lhe! Mas este chili vale muito a pena, é delicioso! O segredo está nos cominhos, na variedade de pimentos e na abundância de coentros... Hummm...

 

INGREDIENTES para 10 a 12 PESSOAS

1,100 kg de carne de vaca picada (de preferência com um pouco de chouriço de carne corrente)

4 latas pequenas de feijão encarnado

1 cebola grandinha + 1 cebola pequena

6 dentes de alho

1/2 pimento vermelho

1/2 pimento verde

1 tomate maduro

1 caldo knorr de galinha

1 pacote e meio de polpa de tomate

vinho branco q.b.

sal, pimenta e orégãos q.b.

cominhos em pó (bastante mas q.b obviamente)

um raminho jeitoso de coentros frescos

 

PREPARAÇÃO

Faça um refogado com azeite, alhos picados, cebola picada, pimentos vermelho e verde picados, tomate picado e o caldo Knorr. Quando tudo estiver alourado, adicione a carne picada e envolva bem. Deixe ganhar cor. Refresque com um pouco de vinho branco. Depois, junte a polpa de tomate e o tempero (orégãos, pimenta, sal...). Deixe cozinhar alguns minutos. Acrescente os cominhos e mexa bem.

Assim que lhe pareça quase pronto, adicione os feijões (que como são de lata já estão cozidos) e tape. Deixe que fique bem quente. Polvilhe com muitos coentros picados. Incorpore tudo muito bem.

Convém que esteja molhadinho, ou seja, que tenha molho.

Sirva com arroz branco a acompanhar.

 

DICA: Se quiser, também pode adicionar 1 colher de chá de açafrão...

Bons Garfos que me visitaram

Hit Counters
HTML Hit Counter

Mais sobre mim

foto do autor

Top blogs de receitas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • APRESENTAÇÃO DA MINHA COZINHA...

  •  
  • Bolos

  •  
  • Bolos de tabuleiro

  •  
  • Doces de colher

  •  
  • Outros Doces

  •  
  • Quiches & Similares

  •  
  • Saladas

  •  
  • Entradas & Petiscos

  •  
  • Sopas

  •  
  • Carnes

  •  
  • Peixes

  •  
  • Mariscos

  •  
  • Moluscos

  •  
  • Outros pratos

  •  
  •  
  • Acompanhamentos

  •  
  • Receitas + saudáveis (menos calóricas)

  •  
  • Idéias Rápidas

  •  
  • Sugestões de decoração

  •  
  •  
  • Curiosidades sobre...

  •  
  •  
  • Para meter o garfo e a colher...

  •  
  •  
  • Utensílios de Cozinha & Mesa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • OUTRAS COZINHAS QUE VISITO

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • MAIS SOBRE MIM (PINTURA)

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Bons garfos cá por casa


    My Stick Family from WiddlyTinks.com