Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

17
Fev19

Lombos de bacalhau fresco com camarão e alho

Bom Garfo

IMG_20190215_001433.jpg

Vamos lá às receitas da minha "ementa" do Dia de São Valentim...

Como a sobremesa seria suficientemente gulosa, optei por fazer algo mais leve como prato principal. Assim, decidi-me por uns lombinhos de bacalhau fresco com gambas e alho. Super rápidos, super saborosos e leves. Acompanhei com batatinha no forno, couve coração de boi e couve galega migada. Isto, porque o filho do meio adora couve coração de boi e a filha mais velha gosta imenso da couve galega, e eu quis agradar aos meus "mais que tudo"! As batatinhas sabem sempre bem, obviamente... Ficaram deliciosos, hum...

IMG_20190215_001423.jpg

INGREDIENTES

1 lombinho de bacalhau fresco por pessoa

5 camarões por pessoa

azeite, sal e pimenta q.b.

coentros em especiaria q.b.

2 dentes de alho + 2 ou 3 dentes de alho (consoante a quantidade de camarões)

1 colher de sopa (aproximadamente) de manteiga

sumo de limão q.b

IMG_20190214_233914.jpg

PREPARAÇÃO

Numa frigideira com um fio de azeite e 2 dentes de alho inteiros e descascados, leve ao lume os lombinhos de bacalhau temperados com pimenta preta moída na hora e pouco (quase nenhum sal). Passe-os cerca de 2 minutos de cada lado, ou o tempo que lhe parecer necessário de acordo com o tamanho e altura de cada lombinho. Findo este processo, retire do lume. Escorra-os bem do fio de azeite e coloque numa travessa de servir. Reserve.

Noutra frigideira, ou na mesma, depois de a ter limpo e de se ter livrado dos dentes de alho... leve ao lume a manteiga, um fiozinho pequeno de azeite e os restantes dentes de alho picados em pedaços médios. Junte os camarões descascados (eu usei camarões previamente cozidos) e salteie rapidamente, só até ganharem uma tonalidade mais alaranjada. Logo no início, quando os colocar na frigideira, tempere-os com uma pitada de sal. Perto do final, acrescente algum sumo de limão a gosto. Polvilhe-os com coentros. Retire do lume e verta por cima dos lombinhos de bacalhau.

Este é um prato que em 15 minutos está feito e tem um aspecto muito bonito.

No meu caso, servi com batatinhas pré-cozidas e terminadas no forno com tomilho, com couve coração de boi cozida e com couve galega salteada. Mas até pode servir apenas com uma simples salada de alface e tomate, vai ficar muito bem.

03
Abr14

Bacalhau com gambas e maionese

Bom Garfo

 

Que dizer? Bem, adoro bacalhau, gambas e acho que legumes com batata palha e béchamel também são uma delícia... Maionese? Hummmm... Que tal juntar tudo e ver no que dá? Pois, foi o que pensei... Exactamente, desta vez, não pensei em nada "light"... Fui até descuidada mas soube muito bem! Também dá um excelente prato para servir num jantar com convidados... 

 

INGREDIENTES para 7 a 8 PESSOAS

5 lombos de bacalhau (cerca de 1kg)

2 bacotes e meio de batata palha (500 gr)

600 ml de béchamel

1 caixa de queijo creme Philadelfia (200 ml)

3 pequenas couves coração de boi

2 cenouras

1/4 de pimento vermelho

1 cebola e meia

5 dentes de alho

250/300 gr de camarão/gambas

1 frasco de maionese (400 ml, usei da Calvé)

sal, noz moscada, orégãos, pimenta branca e azeite q.b.

1 caldo knorr de galinha

coentros frescos

PREPARAÇÃO

Coza as gambas ou compre-as já cozidas. Descasque-as e reserve.

Coza o bacalhau. Limpe-o de pele e espinhas e desfie em lascas. Reserve.

Coza as couves, cortadas em quartos. Escorra e reserve.

Leve uma frigideira ao lume com azeite e aloure 3 dentes de alho picados,  1 cebola picada e o pimento picado. Junte o bacalhau e envolva. Adicione uma pitada de sal e 2 ou 3 de pimenta. Mexa muito bem. Deixe cozinhar um pouco, até que o bacalhau fique bem perfumado, mas sem excessos de azeite. Polvilhe com alguns (não muitos) coentros frescos e orégãos e reserve. Noutra frigideira, leve ao lume em azeite 2 dentes de alho picados, meia cebola picada e o caldo knorr. Rale as cenouras directamente para dentro dela. Corte, igual e directamente para dentro da frigideira, as couves previamente cozidas em pedaços pequenos. Misture tudo e deixe amaciar. Acrescente o béchamel e o queijo creme. Tempere com noz moscada e 1 pitada de sal. Deixe dissolver bem. Passe o preparado para um tacho grande e junte a batata palha. Envolva tudo.

De seguida, verta metade deste preparado no pirex de ir ao forno. Cubra com a camada de bacalhau. Enfeite com as gambas e sobreponha outra camada do preparado de legumes e batata. Pincele generosamente com maionese e leve ao forno a gratinar. Acompanhe, depois, com salada. 

   

19
Mar14

Caril de camarão

Bom Garfo

 

Sempre gostei de caril. Caril de frango, caril de camarão... E cá por casa, a família aprecia, desde que não seja um caril muito picante. E, apesar de tudo, julgo que o caril de camarão é melhor um pouco mais picante do que o de frango. Portanto, estava eu a dizer, que sempre comemos caril (seja de frango ou de camarão) de vez em quando, mas agora passámos a comer mais vezes, porque a filhota mais nova adora. É o prato favorito da miúda, que tem uns gostos culinários extremamente exóticos (e em alguns casos, até refinados) para a tenra idade...

 

INGREDIENTES para 6 a 7 PESSOAS

1, 100 a 1,200 Kgs de gambas

50 gr de caril em pó (= 1 pacote grande da Margão)

4 pitadas de pimenta

4 pitadas de açafrão

2 pitadas de orégãos

1 pitada de gengibre

1 caldo knorr de galinha

sal e azeite q.b

1/2 cebola

2 dentes de alho

400 ou 600 ml de leite de coco (é cerca de 1 lata ou de lata e meia)

200 ml de natas (1 pacote pequeno)

1 copo de leite normal (se só usarem 400 ml de leite de côco)

1 raminho de coentros frescos

 

PREPARAÇÃO

Usei camarão já cozido, pelo que foi só descascá-lo e parti-lo em 2 ou 3 pedaços cada. E reservei.

Num tacho, forrado com algum azeite, levei ao lume a cebola picada, os alhos picados, o caldo Knorr e deixei alourar. Juntei o leite de côco e misturei bem. Acrescentei o açafrão e envolvi. De seguida, aos poucos, deiteo o pó de caril e mexi muito bem para que não ganhe grumos. Acrescentei a pimenta (provem, entre cada pitada, para que fique a vosso gosto. Cá por casa não gostamos muito de coisas bastante picantes...). Juntei o gengibre e os orégãos. É importante mexer bem entre cada adição de especiarias. Depois, acrescentei as natas e achei que precisava de uma pitada de sal.  Voltei a mexer muito bem, por forma a obter um creme homogéneo. Polvilhei com bastantes coentros (os coentros refrescam muito o sabor). No fim, juntei os camarões ou gambas. Só no fim, para que não voltem a cozer e fiquem cozidos demais! Misturei. Provei e rectifiquei o tempero. Servi de imediato acompanhado com arroz branco simples e bem solto e com bróculos. Os bróculos são dos legumes que melhor casam com caril! 

 

DICA: O caril pretende-se molhadinho, não deixem engrossar demais o leite e as natas. Aliás, o processo da confecção do molho desde que ele vai ao lume é bem rápido!

 

11
Fev14

Açorda de gambas da padeira

Bom Garfo

 

Sempre fui louca por açorda de gambas, desde miúda! Em minha casa não era costume fazer-se. A minha avó fazia açorda simples para acompanhar com carapaus fritos, de vez em quando. Prato que também gosto, mas que não é o mesmo. Então, um dia, casada há pouco tempo, lembrei-me de tentar fazer açorda de gambas. Já nem me recordo bem mas sei que comprei as gambas e fui à padaria para comprar pão para fazer a bendita açorda. Na época, devo ter pensado "vou inventar", "logo vejo como sai"! Mas em conversa com a senhora da padaria, contei-lhe que ia fazer açorda de gambas e ela disse-me como fazer. Fiz, saiu bem. Gostei. Ele também. E a receita ficou! Já passaram alguns 14 anos e ainda a fazemos :)

 

INGREDIENTES para 6 PESSOAS

1 pão fatiado tipo alentejano ou de Rio Maior (gosto de usar o de Rio Maior grande e fatiado do Pingo Doce) - caso não tenham também podem usar umas 4 ou 5 bolas (convém que o pão tenha alguma consistência e não seja insonso ou adocicado. O pão que usarem fará toda a diferença)

1 kg de camarão 60/80 já cozido

2 gemas de ovo

4 a 5 dentes de alho esmagados e partidos em bocados ou picados

1 caldo knorr de galinha

1 raminho generoso de coentros

sal, azeite e polpa de tomate q.b

 

PREPARAÇÃO

Como uso camarão cozido, apenas tenho que descascá-lo, parti-lo ao meio e reservar. Contudo, guarde alguns inteiros para enfeitar! Mas se preferirem usar camarão por cozer, pois, obviamente que terão que o cozer em água e sal e se gostarem com um pouco de limão durante 2 ou 3 minutos. Nesse caso, guardem a água da cozedura. Depois, claro que o procedimento será o mesmo.

Começo por colocar um fio de azeite num tacho e juntar-lhe os alhos e o caldo knorr. Estarão a perguntar "caldo de galinha na açorda de camarão?" ?! Sim! E acreditem que é bem mais saboroso que o caldo knorr de marisco! Alourar só um pouquinho. Quanto ao pão, esse parto-o previamente em pedaços pequenos e só uso metade das côdeas (não gosto de uma açorda demasiado grossa e como a quantidade é razoável, acho mais prático assim). Coloco-o no tacho, envolvo bem no azeite e nos alhos e adiciono água quente. Com um garfo de pau vou mexendo bem, ajudando a esmagar o pão... A água? É a olho, pois depende muito do pão... Costumo ir adicionando aos poucos, quando vejo que é necessário. Ou seja, quando vejo que o pão já a absorveu toda e ainda não o tenho na consistência macia que desejo. Chegado a esse ponto, rectifique o tempero adicionando um pouco de sal e junte 1 ou 2 colheres de sopa de polpa de tomate. Não queremos a açorda a saber a tomate, apenas queremos que ela ganhe uma corzinha mais bonita (ainda mais se a estiver a cozinhar com camarão já cozido e nem pôde aproveitar a água da cozedura). De seguida, pique bastantes coentros e mexa. Junte as gambas (costumo cortá-las ao meio, rende mais e é mais simpático encontrar mais pedaços). Apague o lume assim que veja que as gambas apanharam o calor da açorda, se não começarão a cozer e ficarão moles demais.

Há quem só adicione as gemas na mesa, mas gosto de o fazer logo na cozinha. Acrescente as gemas e incorpore-as energicamente para que não cozam. As gemas conferem uma textura mais aveludada, uma corzinha e brilho à açorda. Enfeite com aqueles camarões inteiros que reservou e sirva!

Bom apetite.

 

NOTA: Costumo enfeitar a açorda em forma de flor com um camarão inteiro por pessoa, mas quando me lembrei de tirar a foto já tinha começado a servir o prato dos miúdos:)

Bons Garfos que me visitaram

Hit Counters
HTML Hit Counter

Mais sobre mim

foto do autor

Top blogs de receitas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • APRESENTAÇÃO DA MINHA COZINHA...

  •  
  • Bolos

  •  
  • Bolos de tabuleiro

  •  
  • Doces de colher

  •  
  • Outros Doces

  •  
  • Quiches & Similares

  •  
  • Saladas

  •  
  • Entradas & Petiscos

  •  
  • Sopas

  •  
  • Carnes

  •  
  • Peixes

  •  
  • Mariscos

  •  
  • Moluscos

  •  
  • Outros pratos

  •  
  •  
  • Acompanhamentos

  •  
  • Receitas + saudáveis (menos calóricas)

  •  
  • Idéias Rápidas

  •  
  • Sugestões de decoração

  •  
  •  
  • Curiosidades sobre...

  •  
  •  
  • Para meter o garfo e a colher...

  •  
  •  
  • Utensílios de Cozinha & Mesa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • OUTRAS COZINHAS QUE VISITO

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • MAIS SOBRE MIM (PINTURA)

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Bons garfos cá por casa


    My Stick Family from WiddlyTinks.com