Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

BOM GARFO

Na minha cozinha... Simples e experimental... Colorida e divertida... Nascem sabores para degustar, para alegrar a família e os amigos... e para partilhar com quem seja Bom Garfo:)

17
Mar18

Tarte de côco com leite condensado

Bom Garfo

IMG_20180205_224328.jpg

Tarte de côco. Simples. Húmida. Cremosa. Saborosa. Deliciosa. Rápida. Económica. Recomendável.

Como o Dia do Pai está quase a chegar, esta poderia ser uma boa opção doce para preparar com as crianças... para pais apreciadores de côco...

(Apenas peço desculpa pela cor das fotos, não sei bem o que se passou... Na verdade, a tarte tem uma cor assim mais amarelinha... Mas, pelo menos estas fotos dão a ideia  do aspecto da tarte e da sua textura...)

IMG_20180205_224017.jpg

INGREDIENTES

1 massa quebrada de compra

Para o recheio:

150 g de côco ralado

40 g de manteiga derretida

4 dl de leite

1 + 1/2 lata de leite condensado 

3 colheres de sopa de farinha maisena

Para decorar:

Côco ralado (desta vez não pus)

1/2 lata de leite condensado

IMG_20180205_224254.jpg

PREPARAÇÃO

Ligue o forno 180ºC. 

Forre uma tarteira com a massa e pique toda a superfície com um garfo. Reserve.

Faça o recheio... Deite o leite no liquidificador, adicione a farinha maisena, 1 lata e meia de leite condensado, a margarina derretida e o côco ralado. Bata bem. Depois, verta por cima da massa que está na tarteira e leve ao forno, cerca de 50 minutos (no meu leva sempre mais).

Retire do forno quando estiver douradinha, deixe arrefecer bem e desenforme. Transfira para o prato de servir. Regue com a metade da lata de leite condensado e leve ao frio. Pessoalmente, acho-a melhor fresquinha.

Quando for altura de servir, polvilhe com o côco ralado. Desta vez, não o fiz, para que não soubesse tanto a côco e alguns dos miúdos a comessem melhor (sim, porque estranhamente não são grandes apreciadores de côco!).

É bastante cremosa e agradável.

IMG_20180205_223954.jpg

 

 

03
Abr16

Tarte de leite condensado

Bom Garfo

IMG_6884.JPG

Uma tarte simples, docinha e bonita. Esta tarte fica muito altinha, como gostamos!

IMG_6887.JPG

INGREDIENTES

1 pacote de bolacha maria

160 gr de manteiga 

6 ovos

1, 5 lata de leite condensado cozido

* Se quiser, adicione o sumo de meio limão ou a raspa

IMG_6883.JPG

 

IMG_6886.JPG

PREPARAÇÃO

Pique as bolachas. Reserve. Leve a manteiga a lume brando para derreter. Verta a manteiga nas bolachas, amasse bem e forre com este preparado o fundo de uma tarteira.

Agora que já tem a base pronta, prepare o recheio.

Misture as gemas e o leite condensado. Bata as claras em castelo. (Adicione o sumo ou a raspa de limão, se assim optar). Envolva as claras na mistura do leite condensado.

Verta na forma, por cima da base de bolacha e leve ao forno médio, até dourar e deixar de estar líquida.

Bom apetite!

IMG_6885.JPG

04
Mai15

Mousse de manga

Bom Garfo

IMG_4659.JPG

Até gosto bastante de doces de colher (para mim são REALMENTE sobremesas) mas a verdade é que "viciamo-nos" em alguns e temos tendência a fazer sempre os mesmos... Nesse género, a mousse de chocolate, a mousse de leite condensado e o leite creme são reis cá por casa. Assim, apeteceu-me variar. E lembrei-me da mousse de manga, afinal ando numa fase de manga fresca. É super rápida e nem precisa de passar muito tempo no frigorífico! Há muito tempo que não fazia mousse de manga. Quem sempre a adorou foi o meu marido mas eu achava-a um pouco enjoativa (pelo menos da forma como a costumava fazer antigamente). Decidi fazer-lhe algumas alterações e gostei muito do resultado! O marido continuou a gostar da mousse e a filhota mais nova também se deliciou. A filhota mais velha e o filhote do meio é que torceram o nariz, porque não gostam de manga. 

IMG_4657.JPG

INGREDIENTES

400 gr de polpa de manga (de lata)

cerca de 700 gr de iogurte grego natural não açucarado (= 1 + 1/2 embalagem de copo grande do Pingo Doce)

1 lata de leite condensado normal

3 folhas de gelatina incolor

algumas fatias de manga fresca para decorar (facultativo)

IMG_4658.JPG

PREPARAÇÃO

Numa tigela grande colocar a polpa de manga, o iogurte e o leite condensado e misturar tudo muito bem com uma colher de pau (não use batedeira). Diluir as 3 folhas de gelatina em 3 ou 4 colheres de água quente (se precisar leve uns segundos ao microondas para ajudar a dilui-las melhor) e incorpore-as no preparado. Já está! Leve ao frigorífico 1 hora. Está pronta! Antes de servir, se quiser e tiver, decore com algumas fatias de manga fresca.

Na verdade, esta mousse fica fresca, leve e apesar de doce fica menos enjoativa do que a que costumava fazer antigamente, em que utilizava apenas 4 iogurtes naturais não açucarados normais. A maior alteração que lhe fiz foi, portanto, aumentar a quantidade de iogurte e passei a usar iogurte grego (que é mais consistente).

16
Ago14

Cheesecake de limão

Bom Garfo

Ora aqui está uma receita ideal para sobremesa de Verão. Vulgar (vê-se bastante por aí, com algumas diferenças mas vai dar no mesmo) mas saborosa.

Uma espécie de semi-frio ou de cheesecake de limão!

Prometo que é docinha, fresquinha e rápida de fazer (sem contar com o tempo que tem que ficar no frio)!

 

INGREDIENTES

1 pacote de bolacha maria

150 gr de manteiga

1 lata e meia de leite condensado (normal, não é cozido)

5 folhas de gelatina

sumo de 2 limões pequenos

1 embalagem de queijo mascarpone (250 gr)

meia embalagem de queijo Philadelfia (125 gr)

PREPARAÇÃO

Triturar as bolachas e juntar-lhes a manteiga derretida (clarinha). Amassar bem e forrar com este preparado o fundo de uma tarteira.

Entretanto, parta as folhas de gelatina e dissolva-as em água quente.  No fim, pode levá-las ao micro-ondas para ajudar a que se dissolvam completamente.

Numa tigela, bata os queijos creme com o leite condensado. Acrescente o sumo dos limões. Bata bem. Junte as folhas de gelatina e misture tudo.

Verta o preparado por cima da bolacha que forra a tarteira.

Leve ao frigorífico, pelo menos 3 horas. Pode acelerar o processo se levar ao congelador 1 hora... Eu nunca consigo, nunca tenho espaço:(

E está pronto!

Mas no dia seguinte ainda está melhor, mais rijinho!!!!

06
Ago14

Tarte de maçã à minha moda

Bom Garfo

Esta tarte de maçã lembra-me sempre a minha infância, a minha adolescência... as minhas festas de anos, as festas de anos dos meus primos...  Era a mãe deles que a fazia... Fê-la anos a fio mas um dia que lhe perguntei a receita confessou-me que depois deixou de a fazer e a perdeu... Assim, por tentativas de aproximação (puxando pelo sabor da memória e acrescentando alguma imaginação) cheguei à tarte que aqui vos apresento. Assim, desde há alguns anos que a faço... E, para mim, é a melhor tarte de maçã... hummmmm:)

 

INGREDIENTES

1 massa quebrada de compra

8 a 10 maçãs reineta

1 limão

1 lata e meia (ou 2) de leite condensado cozido (conforme o tamanho da tarteira)

1 colher de sopa de canela

1 colher de sobremesa de cacau em pó

1 colher de sopa mal cheia de farinha maisena

canela e açúcar q.b para polvilhar

PREPARAÇÃO

Pré-aquecer o forno.

Descascar as maçãs reinetas e partir cada uma em 4 partes. Reservar cerca de 9 partes para enfeitar a tarte. Cozer as restantes, em água.

Com as reservadas, partir finas fatias para um pratinho, depois polvilhar com açúcar e canela e espremer 1 limão para cima delas. Misturar tudo. O sumo de limão ajudará a que as fatias de maçã não escureçam enquanto esperam.

Enquanto as maçãs cozem, forre a tarteira com a massa e com a ajuda de um garfo pique todo o fundo.

Depois de cozidas, retire do lume e escorra as maçãs. Acrescente o leite condensado e bata com a batedeira. Adicione a canela e o cacau e mexa. Por fim, a farinha maisena e volte a envolver tudo muito bem. Leve ao lume, uns minutos, vá mexendo. A ideia é que o preparado ganhe um pouco mais de consistência e que os sabores se fundam.

De seguida, verta o preparado sobre a massa na tarteira. Decore, por cima, com as fatias das maçãs. Apare o excesso de massa dos lados, cortando-a à altura do enchimento da tarte.

Leve ao forno. Assim, que parecer douradinha e vir que a massa está cozida, retire. Deixe arrefecer.

Hum, o sabor a maçã, canela e leite condensado.... muito bom! 

02
Mai14

Bolo de chocolate com recheio de doce de leite e cobertura de chocolate

Bom Garfo

 

Este bolo de chocolate é o "bolo de chocolate cá de casa". Simples, super fôfo, saboroso e muito versátil. Já o apresentei aqui neste blog com cobertura e recheio de mascarpone, agora trago-vos o nosso eleito: bolo de chocolate com recheio de doce de leite e cobertura de chocolate! Uma verdadeira bomba! 5 *****

Experimentem... aposto que se rendem {#emotions_dlg.blink}

 

INGREDIENTES

Bolo:

4 ovos

2 chávenas de farinha

2 chávenas de açúcar

1 chávena de óleo

1 chávena de chocolate em pó

1 colher de chá de fermento

1 chávena de água quente (quando o bolo já estiver bem batido)

Recheio:

1 lata de leite condensado cozido

cerca de 1/2 pacote de natas (= 100ml) ou até um pouco menos

Cobertura:

1/2 tablete de chocolate negro de culinária (uso Nestlé, 100 gr)

1/2 pacote de natas (=100 ml)

1 colher de chá bem cheia de manteiga

PREPARAÇÃO

Bater as claras em castelo e reservar.

Misturar os restantes ingredientes todos (menos a água). Bater muito bem. Acrescentar a água e voltar a bater. Envolver as claras em castelo. Mexer bem com a colher de pau. Verter o preparado numa forma previamente untada com manteiga e forrada com papel vegetal (igualmente untado com manteiga). Levar ao forno, em lume não muito alto.

Quando o bolo estiver cozido (verifica-se com o teste de lhe espetar um palito e este sair seco), retirar do forno. Esperar que arrefeça. Desenformar. Corte o bolo ao meio, no sentido horizontal. 

Entretanto, prepare o recheio... Leve as natas e o leite condensado cozido ao lume (brando), só para ajudar a dissolver estes dois ingredientes. Mexa sempre para não ganhar grumos. Assim que tenha um creme liso retire do lume, deixe arrefecer 1 a 2 minutos e verta por cima de uma metade do bolo. Com a ajuda da espátula espalhe uniformemente. Cubra com a outra metade de bolo.

De seguida, prepare a cobertura... Parta o chocolate aos quadradinhos, junte as natas e leve (também) a lume brando. Junte a colher de manteiga e mexa até obter um creme liso e brilhante. Retire do lume e verta por cima do bolo. Depois, se quiser ainda poderá enfeitar como desejar... ou deixar só assim... Hummmmmmmmm!!!!

01
Mar14

Para adoçar o fim de semana...Torta de chocolate com recheio de doce de leite

Bom Garfo

 

As tortas são doces/bolos que se fazem rapidamente. O único grau de dificuldade que podem ter prende-se com deixar a massa fofa (cozida no ponto) e enrolar. Confesso que não costumo fazer muito tortas. Ok, lá faço uma ou outra... Mas esta saiu maravilhosa e foi mesmo fácil:)

Para variar dos bolos redondos ou quadrados, então aqui vai a receita de uma torta levezinha e com um delicioso recheio.

   

INGREDIENTES (usei um tabuleiro bem grande)

Massa:

9 ovos

9 colheres de sopa de açúcar

4,5 colheres de farinha com fermento

4.5 colheres de chocolate em pó

Recheio:

1 lata de leite condensado cozido

1 pacote de natas (200 ml)

 

PREPARAÇÃO

Bata as claras em castelo. Reserve. Bata o açúcar com as gemas até obter um creme fofo e clarinho. Adicione as claras. Envolva bem com a colher de pau. De seguida, junte a farinha e o chocolate. Mexa muito bem tudo, com a colher.

Unte um tabuleiro com manteiga. Forre com papel vegetal e unte igualmente. Verta o preparado e leve ao forno pré-aquecido a 160 º C. Atenção: não deixe a massa cozer demais para que não se parte depois ao enrolar. Mal o palito saia limpo, retire do forno. A mim demorou cerca de 20 minutos, mais ou menos.

Desenforme sobre um pano. 

Prepare o recheio, levando a lume brando o leite condensado e as natas. Assim que dissolvidos, retire. Barre a massa com o recheio quase todo. Reserve só um pouco para fazer tipo cobertura. Enrole. Coloque numa travessa e espalhe o resto do recheio por cima!

19
Fev14

Bolinhos de baunilha com cobertura de doce de leite

Bom Garfo

 

Estes bolinhos são deliciosos, de verdade! Super simples, fofos, saborosos, fazem-se num piscar de olhos... sem necessidade de pesar ingredientes na balança e/ou de bater claras em castelo... E depois, depois (além de uma boa massa) o segredo está na cobertura, que lhes confere toda a graça! Rendem bastante: um tabuleiro grande. Podem ser cortados às fatias, em mini-fatias ou em quadrados. São excelentes para quando quer fazer um docinho mas sem gastar muito e sem perder muito tempo na cozinha. E o melhor é que ficam com um aspecto óptimo (claro, além do sabor)! Como algo simples pode tornar-se em algo mais além...

 

INGREDIENTES

Massa:

3 ovos

3 chávenas de chá de açúcar

1 chávena de chá de óleo

3 chávenas de chá de farinha

1 chávena de chá de leite (ou se achar que precisa, mais um pouquinho)

1 colher de sopa de fermento

essência de baunilha q.b.  (a gosto)

Cobertura:

1 lata de leite condensado cozido

meio pacote de natas (100 ml)

manteiga para untar a forma q. b.

 

PREPARAÇÃO

Unte uma forma rectangular grande (26 cm) com manteiga, forre-a com papel vegetal igualmente untado.. Pré-aqueça o forno a uma temperatura média.

Bata os ovos inteiros com o açúcar e depois junte o óleo. Mexa muito bem. Adicione por ordem o leite, a farinha, a essência de baunilha e o fermento. Vá batendo sempre. 

Verta na forma  e leve ao forno. Precisei de cerca de 50 minutos, mas penso que o meu forno é lento, porque de onde retirei a receita diziam cerca de 40 minutos. Portanto, o melhor é ir vendo.... Está bom quando espetar um palito e sair limpinho. Fica fofinho. 

Retire do forno e deixe arrefecer uns 10 minutos no máximo. Pique o bolo todo com um palito. Desenforme.

Entretanto, prepare a cobertura. Dissolva o leite condensado com as natas, em lume brando.

De seguida, verta por cima do bolo.

Deixe arrefecer para cortar às fatias ou aos quadrados. Prontinho!



12
Fev14

Banoffee Pie

Bom Garfo

 

  

Banoffee Pie ou Tarte de Banana e Caramelo! Esta é uma sobremesa bastante corrente por terras de Sua Majestade (Reino Unido). É simples de fazer e enche o olho, além de acariciar gulosamente o paladar.  Há tempos que andava para experimentar, pois experimentei. Ficou deliciosa, apenas alteraria algumas coisinhas na massa (por exemplo, usaria a manteiga derretida e não a manteiga ao natural, ou optaria pela massa da tarte de chocolate e leite condensado que aqui já publiquei, sem o chocolate e com especiarias). Ao chantilly, talvez acrescentasse 1 ou 2 folhas de gelatina incolor, porque sempre ficaria mais duradouro... Mas é uma delícia. Experimentem.

 

INGREDIENTES

300 gr de bolachas digestivas

125 gr de manteiga (usei Matinal magra)

1/2 colher de café de gengibre (especiaria)

1 pitada de noz moscada (especiaria)

1 colher de café de erva doce (especiaria)

3 bananas jeitosas e maduras sem ser em demasia

1 lata de leite condensado cozido

2 pacotes de natas para bater (uso daqueles maleáveis de plástico da Longa Vida)

4 colheres de sopa de açúcar

umas gotas de limão

chocolate em pó para polvilhar q.b.

 

PREPARAÇÃO

Pique as bolachas na picadora ou no copo liquificador até obter uma espécie de farinha. Junte a manteiga partida aos pedacinhos e envolva tudo muito bem até ter uma massa mais ou menos homogénea (apesar de granulada). Aqui, para uma próxima vez irei usar a manteiga aquecida. Forre uma tarteira de 26 cm com a massa, molde-a com as suas mãos. Leve ao forno pré aquecido a 180 ºC por cerca de 15 a 20 minutos. Retire.

Barre com o leite condensado cozido. Corte as bananas às rodelas e cubra. Leve ao frigorífico, enquanto vai preparar o chantilly.

Para o chantilly, coloque as natas 15 minutos no congelador, bem como as varetas da batedeira e se tiver espaço a tigela onde as vai bater. Quanto mais frias melhor. Depois, vertem-se as natas na tigela e começam a bater-se. Vá adicionando o açúcar. E quando estão a engrossar visivelmente, adicione umas gotas de limão. Essas não vão alterar o sabor e ajudam a que o chantilly ganhe consistência. Embore eu ache que para decorar bolos nunca têm a consistência necessária. No Brasil parece que há à venda fixante para chantilly mas por aqui nunca encontrei. Sei que há quem use gelatina incolor... Irei testar isso. Porque só assim, o chantilly fica com consistência mas depois com o tempo desmancha... Bem, voltando à receita... Por fim, decore a tarte com o chantilly e leve ao frigorífico até servir:) Polvilhe com chocolate em pó.

Espero que goste!

03
Fev14

Tarte de chocolate e leite condensado

Bom Garfo

Há uns tempinhos, não sei precisar, pesquisei na net receitas de tarte de chocolate e encontrei uma fotografia aqui  que me deixou a salivar. Guardei. Este fim de semana, decidi fazer um docinho. Pensei num bolo ou tarte e dei a escolher vários aos filhotes. Eles, em total unanimidade, optaram por esta tarte de chocolate e leite condensado cuja foto também lhes abriu o apetite!

E lá fui para a cozinha levar a cabo a experiência. Alterei uma coisinha de nada em alguns dos procedimentos. Saiu deliciosa! E, curiosamente, não é enjoativa, não se torna muito doce. Talvez porque a cobertura de chocolate não leva açúcar e é feita com chocolate negro e a massa leva pouquíssimo açúcar... Aprovadíssima!

 

INGREDIENTES

Para a massa da tarte *:

50 g de açúcar

125 g de manteiga (usei Matinal magra)

2 ovos

180 g de farinha

40 g de cacau (ou chocolate em pó)

 

Para o recheio:

1 lata de leite condensado cozido

 

Para a cobertura:

1 pacote de natas (200 ml)

meia tabulete de chocolate de culinária (usei Nestlé)

manteiga q.b

 

PREPARAÇÃO

Bata o açúcar com a manteiga derretida.

Junte os ovos. Acrescente a farinha e o cacau.

Depois de todos os ingredientes bem misturados, coloque a massa numa forma de tarte. A massa é bastante mole. Não deixe espaços. Nesta operação, apesar de tudo, usei papel vegetal por baixo. Não foi preciso untar. Seguindo... Leve ao frigorífico por 20 minutos e depois fure-a com um grafo. Cubra com papel vegetal e leve ao forno cerca de 20 minutos a 180 ºC.  Volte a deixar arrefecer no frigorífico. Após a massa estar fria, barre o leite condensado homogeneamente por toda a superfície. E volte a colocá-la no frigorífico enquanto prepara a cobertura de chocolate. Para isso, parta o chocolate aos quadradinhos. Reserve. Numa caçarolinha coloque um poco de manteiga, apenas para que quando aquecida lhe forre o fundo. Junte as natas e misture. Acrescente o chocolate e vá mexendo bem até o creme começar a ferver e engrossar. Apague o lume. Deixe amornar só um pouquinho e verta por cima da tarte. Espalhe e alise. Leve de novo ao frio para que solidifique um pouco. Bom apetite!

 

SUGESTÃO PARA FACILITAR

* Ao fazer a tarte ocorreu-me que numa próxima vez talvez experimente substituir a confecção da massa aqui apresentada na receita por uma com bolacha maria de chocolate picada com um pouco de manteiga derretida:) 

02
Fev14

Mousse de leite condensado

Bom Garfo

 

Mousse de leite condensado, hummm! Apesar de bem docinha, adoro! E é a mousse preferida do filho do meio:)

É super simples de fazer, embora durante uns bons tempinhos não percebesse porque tinha tendência a sair líquida. Mas agora já arranjei forma de resolver esse "pequeno probleminha" e a mousse sai perfeita!

Como já disse, faço tudo (regra geral) em quantidades generosas, porque somos vários no dia a dia... e se tiver convidados ou festas, metade da receita (que é o que se costuma ver por aí) também não me parece suficiente...

Aqui vai...

 

INGREDIENTES

2 latas de leite condensado cozido (excelente invenção, escuso de ir buscar a panela de pressão)

10 ovos

1 pitada de sal

1 colher de chá de manteiga (uso sempre a de casa, Matinal magra)

 

PREPARAÇÃO

Primeiro, separe as gemas para um lado e as claras para o outro.

Na tigela das gemas junte o leite condensado e mexa bem com uma batedeira, até obter um creme. De seguida, verta-o para um tachinho e adicione a colherzinha de manteiga. Leve ao lume até começar a ferver, sempre sem parar de mexer. É este o truque para que a mousse não fique líquida! Também há quem adicione folhas de gelatina, mas se é possível sem adicionar mais nada à receita, penso que mais vale assim :)

Retire do lume e volte a colocar dentro da tigela (eu costumo usar logo aquela em que vou servir). Na outra tigela, bata as claras em castelo bem firme com uma pitada de sal. Por fim, basta ir encorporando as claras no creme de leite condensado (sem bater) apenas com uma colher de pau e mexer bem. Repare que mesmo morna tem uma consistência agradável. Coloque no frigorífico.

Depois de arrefecida, pode servir.

28
Jan14

Brigadeiros de Chocolate

Bom Garfo

 

Os brigadeiros de chocolate são dos docinhos mais apreciados pelas crianças e pelos amantes de chocolate. Podem ser feitos de várias maneiras. Pessoalmente, há uns anos descobri esta receita e adoptei-a para sempre. Porque os brigadeiros saem com uma textura que se derrete na boca e não se tornam enjoativos por saberem demasiado a chocolate. Cá em casa, por exemplo, nunca faltam nas mesas de festa e às vezes até são feitos a pedido de amigos gulosos:)

 

INGREDIENTES 

(dobrei a receita, assim dá para cerca de 22)

 

2 latas de leite condensado;

1 colher de chá de manteiga;

3 colheres de sopa de chocolate em pó não muito cheias;

3 colheres de sopa de cacau em pó não muito cheias;

granulado de chocolate q.b.

 

PREPARAÇÃO

Numa caçarola ou tachinho, levar ao lume o leite condensado, a manteiga,  e o chocolate e o cacau em pó previamente misturados. Deixar em lume brando, ir mexendo sempre até fazer ponto de estrada (que é quando passa com a colher de pau pelo meio da massa e parece que traça uma estrada). Depois, retirar e verter a massa para um prato até arrefecer.

Deitar o granulado de chocolate numa tigela.

Com a ajuda de duas colheres (uso colheres de sobremesa, maiores que as de chá e mais pequenas que as de sopa), moldar bolinhas com a massa de chocolate e de seguida passá-las pelo granulado da tigela. Pode até fazê-las saltitar um pouco para que se vão cobrindo com o tal granulado e no fim molde melhor as bolinhas com as suas mãos.  Têm que ficar bem cobertinhos com o granulado.

Colocar cada brigadeiro numa caixinha de papel.

Espero que gostem!

Bons Garfos que me visitaram

Hit Counters
HTML Hit Counter

Mais sobre mim

foto do autor

Top blogs de receitas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • APRESENTAÇÃO DA MINHA COZINHA...

  •  
  • Bolos

  •  
  • Bolos de tabuleiro

  •  
  • Doces de colher

  •  
  • Outros Doces

  •  
  • Quiches & Similares

  •  
  • Saladas

  •  
  • Entradas & Petiscos

  •  
  • Sopas

  •  
  • Carnes

  •  
  • Peixes

  •  
  • Mariscos

  •  
  • Moluscos

  •  
  • Outros pratos

  •  
  •  
  • Acompanhamentos

  •  
  • Receitas + saudáveis (menos calóricas)

  •  
  • Idéias Rápidas

  •  
  • Sugestões de decoração

  •  
  •  
  • Curiosidades sobre...

  •  
  •  
  • Para meter o garfo e a colher...

  •  
  •  
  • Utensílios de Cozinha & Mesa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • OUTRAS COZINHAS QUE VISITO

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • MAIS SOBRE MIM (PINTURA)

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Bons garfos cá por casa


    My Stick Family from WiddlyTinks.com